segunda-feira, 13 de março de 2017

ATP cancela reajuste dos rodoviários. Greve pode paralisar frota de ônibus de Porto Alegre.

Isto pode eclodir uma paralisação no transporte de passageiros, talvez já neste dia 15, quando uma greve geral está sendo convocada em todo o país  pela CUT.

As empresas de transporte coletivo de Porto Alegre anunciaram nesta segunda-feira que não pagarão o reajuste acordado no dissídio dos rodoviários diante da indefinição sobre a data de aumento da tarifa de ônibus. Isso significa que está suspensa, por tempo indeterminado, a reposição de 5,5% nos salários e o aumento para R$ 25,00 no vale-alimentação, entre outros itens.

A prefeitura está paralisada diante da decisão do TCE de auditar as planilhas de cálculo, tarefa que não consegue concluir.

A ATP, entidade que representa os transportadores, disse em nota emitida há pouco que a data base dos rodoviários é 1° de fevereiro e que, portanto, a atualização dos valores do contrato seria retroativa, fato que não acontece com a tarifa de ônibus. Afirmou ainda que "as empresas não têm mais como cumprir suas obrigações financeiras sem a contrapartida da tarifa, que é a única receita".

16 comentários:

Anônimo disse...

Se não podem cumprir com suas obrigações e se o negócio não está bom por que não entregam as suas concessões? Sempre ganharam muito com os PTralhas na prefeitura!

Se o TCE não consegue auditar as planilhas, este órgão sempre foi incompetente, que as libere até conclusão dos trabalhos!

O trato da coisa pública sempre foi displicente! Azar do usuário! A conta sempre vai prá ele!

kittler disse...

Aposto que vão se acertar. Lembre que na última greve as empresas aprenderam: tiveram todas de trocar de nome.
Não devem desejar outra punição 'exemplar' da prefeitura.

Unknown disse...

Grevismo pelego!!! A vanguarda do atraso!!! Quem não tem capacidade de negociar recorre às paralisações, que prejudicam o direito de ir e vir, e de trabalhar, dos cidadãos de bem!!!

Anônimo disse...

Faz sentido. Mesmo peso e mesma medida.

Nelson disse...

Tomara que seja como as ultimas greves da pelegada, um fracasso.

FIM DOS SINDICATOS JÁ!

Anônimo disse...

Resposta: ABAIXO O IMPOSTO SINDICAL!

Anônimo disse...

Me diz uma coisa:
Empresas privadas (sindicatos) de ônibus sempre usam a greve pra conseguir o que querem...
Mas...se a empresa não pode pagar...pq não demitir quem não aceita o salário ? Tem mais de 14 milhões de desempregados no Brasil.....tem vaga sobrando.
GREVE ?
Tratam funcionários de empresas privadas como se fossem servidores públicos ?
Se não está contente com seu salário procure outro emprego.
Tá na hora de acabar com essa chantagem absurda.

Anônimo disse...

As empresas tomaram essa decisão às vésperas de uma greve geral. Não foi coincidência. Elas querem que o caos se instale pra apressar o reajuste. Assim, os empregados fazem o serviço sujo por elas.

Anônimo disse...

Que emprsas publicas deem prejuízo, compreende-se. Não foram feitas pra dar lucro. Mas empresas privadas são movidas pelo lucro. Se têm prejuízo, tornam-se um mau negócio. Por que os empresários do setor não mudam de ramo ao invés de passarem o ano todo de mimimi?

Anônimo disse...



Tanto em 2015 como em 2016 o prefeito Infortunati , o "Rico" da planilha de propinas da Odebrecht, parcelou em muitos meses os reajustes salariais obrigatórios do funcionalismo municipal, mas não retroagiu as parcelas à data-base da categoria, que é no mes de maio.

O desgraçado Fortunati deu um baita calote nos municipários, em dois anos seguintes, ao não corrigir as várias parcelas, quando os reajustes pela inflação têm que ser pagos integralmente no mês de maio.

O calote corresponde ao valor de um salário integral, um mes de trabalho inteiro de cada um dos 22.000 funcionários.

E o SIMPA não reclamou nada para o Fortunati, porque seus integrantes são todos petralhas bolivarianos fedidos, como Fortunati. E fizeram uma aliança espúria e corrupta com o tal prefeitinho.

O SIMPA DEIXOU FORTUNATI ROUBAR TODOS OS MUNICIPÁRIOS, EM UM SALÁRIO INTEGRAL AO LONGO DE 2015 e 2016!!!!

E O SIMPA NEM PIOU!!

PETRALHAS PODRES!!

Anônimo disse...


Na diretoria do SIMPA, sindicato dos municipários de Porto Alegre, tá cheio de petralhas bolivarianos, uma fedentina, como o Adelto Rohr, azulzinho da EPTC.

Anônimo disse...

GREVE ANUAL,JÁ PROGRAMADAS NO CALENDÁRIO....

-BANCOS
-CORREIOS
-TRANSPORTE COLETIVO
-CPERS
-PREFEITURA

CRISE: SÓ EXISTE PARA QUEM VIVE NA INICIATIVA PRIVADA...
AQUI É O BANANÃO, 2016 SEGUNDO IBGE 24,3 MILHÕES DE DESEMPREGADOS....

Anônimo disse...

Transporte coletivo é operado, na maior parte, pela iniciativa privada. Viu anônimo das 15:12?

Anônimo disse...


Única receita?

E as isenções fiscais?

Não me venham com lorotas.

Paguem dignamente os seus empregados, ou o bicho vai pegar, simples assim.

Anônimo disse...

CRISE: SÓ EXISTE PARA QUEM VIVE NA INICIATIVA PRIVADA...

E os Bancos e Empresas de transporte coletivo são o quê?

Anônimo disse...


Todos ano se repetem, professores e ônibus.
Já é de praxe.