quarta-feira, 29 de março de 2017

Serviço público puxa desigualdade na Previdência

 Nesta extensa reportagem de Ligia Guimarães, o jornal Valor explica que ao excluir servidores estaduais e militares da reforma da Previdência, o governo agrava um antigo problema: os privilégios da elite dos servidores públicos, que se aposentam ganhando em média cinco vezes mais que os trabalhadores do setor privado, e tornam a distribuição de renda ainda mais desigual na sociedade.

O que puxa a concentração para cima é a previdência dos militares e funcionários civis, em boa parte porque para essas pessoas não há teto previdenciário. Enquanto o limite para as aposentadorias da iniciativa privada é de R$ 5.531, os aposentados de carreiras como o Ministério Público, Judiciário e Legislativo, recebem, em média R$ 18 mil, R$ 26,3 mil e R$ 28,5 mil, respectivamente - no caso dos dois últimos, o benefício os coloca entre os 0,1% mais ricos da população.

CLIQUE AQUI para ler tudo com atenção.

21 comentários:

Anônimo disse...

As maiores regalias estão na classe política.

Anônimo disse...

Por que nivelar pra baixo, se o ideal é nivelar por cima ?!!!!

Então peguem os bombeiros de Brasília e tragam seus salários e aposentadorias pros mesmos valores dos bombeiros gaúchos porque afinal o fogo que apagam ... é o mesmo !!

Comparação sem nexo essa ... do INSS com militares !

Anônimo disse...

Não esqueçam que essas categorias se aposentam com salários em média 3 a 4 vezes maiores do que os da iniciativa privada por contribuem, ao longo de toda sua vida, 3 ou 4 vezes mais...

Anônimo disse...

Tenho um vizinho de 56 anos, coronel da Brigada Militar aposentado, no auge de seu vigor físico e intelectual, que ganha aproximadamente R$ 22.000,00 por mês e passa seus dias de aposentado passeando com o cachorrinho! Iremos sustentá-lo, pelo visto, pelos próximos 40 anos! Depois perguntam por que o RS está quebrado!!!

Unknown disse...

Escárnio!!!

Anônimo disse...

O ESTAMENTO BUROCRÁTICO DEIXOU DE SER O MEIO E PASSOU A SER O OBJETIVO FINAL DE NOSSOS IMPOSTOS.
TUDO O QUE SE ARRECADA VAI PARA SALÁRIOS ALTÍSSIMOS E MORDOMIAS SEM FIM, O POVO PAGA COM A FALTA DE SAÚDE, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA COM A MAIOR TAXAÇÃO DE IMPOSTOS DO PLANETA. O ESTADO BRASILEIRO FOI SEQUESTRADO POR CORPORAÇÕES QUE FIZERAM REFÉM O POVO MAIS POBRE.

Anônimo disse...

A verdade sempre prevalece e começa ser escancarada, quem sempre carregou esse piano sózinho até agora foi a iniciativa privada. CHEGA,BASTA.

Anônimo disse...

Fortunate ladrao passou a mao na previmpa sem consultar os donos que contribuiram por decadas.

Anônimo disse...

E para manter os privilégios do funcionalismo, a esquerdalha sindical foi às ruas em protesto contra as reformas, comprovando que o discursinho vigarista de defenderem os "trabaiadô" é uma farsa.

A lamentar o fato de que a grande mídia, povoada de jornalistas esquerdistas, não revela isso à sociedade ...

Anônimo disse...

O servidor civil paga muito mais que o trabalhador da iniciativa privada, para ter aposentadoria que tem, integral. Os militares nada pagam.
Então vamos fazer todos pagarem a mesma quantia, a que os servidores públicos pagam, e todos receberão o quanto merecem.
Mas por que ninguém de vocês quer essa solução?

Anônimo disse...

Tudo certo, mas se alguém da iniciativa privada ganha 30 mil irá pagar sobre o teto do INSS. O servidor público não tem opção. Servidor público se ganhar 30 mil pagará sobre 30 mil.
E todas as aposentadorias precoces dos servidores civis acabaram com EC 41, agorá só depois dos 60 anos( exceção aos militares e professores).
Além disso, quem entra agora no serviço público federal ou estadual(RS) também irá receber só o teto do INSS. Logicamente que irá pagar somente a contribuição mensal sobre o teto.
Boa parte da reportagem já está defasada: são direitos adquiridos.
Querem falar de alguma coisa expliquem as regras atuais para os servidores públicos e para a iniciativa privada, verão que não há tantas diferenças assim.

Anônimo disse...



OS MILITARES CONTRIBUEM COM UM VALOR MAIOR DO QUE O INSS, POR ISTO RECEBEM

VALORES MAIORES QDO SE APOSENTAM.

QDO ENTREI P/O ESTADO (CONCURSADO), A CONTRIBUIÇÃO ERA DE 8%, COMO NO INSS.

NO GOVERNO PERACCHI, PASSAMOS A DESCONTAR MAIS 2%, OU SEJA 10%, PARA Q QDO NOS APOSENTÁSSEMOS, PASSARÍAMOS A RECEBER O SALÁRIO IGUAL OS DA ATIVA, E OS REAJUSTES IGUAIS O DA ATIVA.
PORTANTO, NÃO HÁ NADA DE MORDOMIA.
ASSIM TB OS MILITARES CONTRIBUEM TB A MAIS, POR ISTO É DE DIREITO O Q RECEBEMOS.
OS MILHÕES E MILHÕES Q SONEGAM DO INSS E IMPOSTOS Q NÃO PAGAM, NÃO FALAM NADA DESTA FERIDA. CABE AOS POLÍTICOS DAR EXPLICAÇÕES DOS DESVIOS DESTA ROUBALHEIRA.
SAÚDE E PAZ.




Anônimo disse...

Quem ganha 30mil paga 4.200 por mês em previdência. Parece óbvio que tenha aposentadoria muito maior do que aquele trabalhador que contribui com 600 pila por mês

Anônimo disse...

Polibio, se o sr estivesse estudado mais não estaria chorando.

Que sirva de exemplo para os mais jovens.

Diga para seus netos estudar bastante agora para que não fiquem chorando depois.

Anônimo disse...

Ao prezado leitor que comentou sobre o Coronel da brigada aposentado que ganha um salário razoável, este cara arriscou a vida correndo atrás de bandido, e pergunto quado ele prestou concurso a vaga era exclusiva dele, claro que não era aberta a todos os brasileiros era só ter feito concurso que seria aposentado com um salário talvez até maior.

Anônimo disse...


Se eu fosse me ariscar para levar tiro pela sociedade gostaria de trabalhar somente uns 20 anos na rua e me aposentar bem. Muitos so criticam mas não se aprofundam no assunto. A maioria é da mídia recalcada que ganha mal e tem ch*p** o do padrão para receber mais ou menos.

Anônimo disse...

A reação da parasitama pública privilegiada que vive o paraíso na Terra às custas de sangue, suor e lágrimas do povo vassalo.

Anônimo disse...

a questão é que no serviço público há contribuicao sobre todo o salário e não somente até o teto do INSS (ou seja, eqto o trabalhador na iniciativa privada contribui com uns 500 e pouco por mÊs no máximo, no setor público tem gente que contribui com mais de 4 mil). Felizmente isto está mudando e estão passando a adotar o teto do INSS como contribuição e consequentemente como benefício.

Anônimo disse...

...e continuam pagando previdência mesmo depois de aposentados. Poucos sabem disso.

Anônimo disse...

E ainda, continua pagando Previdência mesmo depois de aposentado.

Anônimo disse...

Leia a lei e verifique que ele é OBRIGADO a se aposentar.

Leia lá e depois volte a comentar !

Também ligue ao seu deputado tá !!