Projeto da terceirização vai a voto, hoje, na Câmara

A terceirização abre caminho pra a reforma trabalhista.

Vai a voto, hoje, na Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei 4.302, de 1998, que permite a terceirização de todas as atividades das empresas. É considerado pelas centrais sindicais pior que o PL 4.330, aprovado anteriormente e agora em tramitação no Senado (PLC 30) – com dificuldade em aprovar esse texto, o governo passou a priorizar o projeto de 1998, apresentado em 19 de março daquele ano. 

Os sindicalistas se mobilizam para estar em peso nesta terça em Brasília. A CUT fala em “ocupar” o Congresso.

A CUT, braço sindical do PT, é contra qualquer proposta patrocinada pelo atual governo.

CLIQUE AQUI para conhecer o projeto, que tramita há 28 anos.

5 comentários:

Unknown disse...

Chupa pelegada!!!

Anônimo disse...

Políbio, o link remete para um projeto de lei que trata da união estável poligâmica. Não tem nada a ver com terceirização.
Por favor, corrija o link.

Anônimo disse...

Sr. Editor. O link leva a outro projeto.

Anônimo disse...

Políbio, gostaria de ler o projeto correto.

Anônimo disse...

POLIBIO. A CLT FOI UMA LEI CRIADA POR GETULIO VARGAS EM 1943 PARA FORTALECER O SEU PARTIDO. O PTB. E PARA ISSO TEVE QUE CRIAR O SINDICALISMO PELEGO PARA ASSEGURAR SUA FORÇA E PERMANÊNCIA NO PODER NUMA ÉPOCA EM QUE O COMUNISMO CRESCIA ASSUSTADORAMENTE E SE APODERAVA DO ESPAÇO POLITICO. TANTO QUE A CERTA ALTURA TEVE QUE MONTAR UMA ALIANÇA COM O SEU PIOR INIMIGO: LUIZ CARLOS PRESTES. SUA MORTE AINDA É UM MISTÉRIO APESAR DAQUELA CARTA QUE CONTINHA SUA ASSINATURA.
Passados 74 anos o Pais continua escravo desta guerra que o TRABALHISMO E O COMUNISMO criaram para impedir que o Brasil cresça e se desenvolva como uma Nação Moderna de Primeiro Mundo. HOJE ELES DOIS PARECEM IRMANADOS PORQUE LUTAM PELA PERMANENCIA DO SINDICALISMO PELEGO NA LEGISLAÇÃO TRABALHISTA POIS É A UNICA FORÇA QUE OS GOVERNOS POPULISTAS PODEM CONTAR PORQUE POSSUI PODERES PARA AFRONTAR AS LEIS QUE REGULAM O MERCADO DE TRABALHO E AS NOVAS ATIVIDADES QUE EXIGEM DIFERENTES MANEIRAS DE NEGOCIAÇÃO ENTRE PATRÕES E EMPREGADOS FORA DA MASSIFICAÇÃO DA MÃO DE OBRA REQUERIDA NOS ANOS DE 1950. Portanto estamos chegando na hora em que teremos que jogar o Velho Capote no lixo e vestirmos uma nova roupa pois devemos pensar como a cabeça dos jovens que que querem trabalho e progresso pois é deles E SOMENTE DELES O FUTURO DESTE PAÍS.