Padilha quer que chineses levem Trensurb junto, caso toquem Aeromóvel Metropolitano

As possibilidades previstas para o negócio, intermediado pelo ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e pelo ministro das Cidades, Bruno Araújo, envolveriam a entrega da administração da Trensurb por 30 anos. A Trensurb já abre seus números para os chineses. Os chineses também estariam interessados no metrô de Porto Alegre.

Está marcada para esta amanhã uma nova reunião entre o governo Federal e executivos das empresas interessadas em instalar linhas de aeromóvel na Região Metropolitana de Porto Alegre

A primeira reunião saiu hoje em Brasília.

Um dos prefeitos que mais defende o aeromóvel metropolitano é Luiz Carlos Busatto, Canoas.

Os estudos foram iniciados pela União depois que a empresa China Railway Engineering Corporation (Crec) entregou um demonstrativo com o esboço do plano. A companhia que detém a tecnologia do transporte, a gaúcha Aeromóvel do Brasil, integra a iniciativa como parceira.

A possibilidade do negócio ainda é tratada com reservas pelo representante comercial da Crec no Brasil, Chhai Kwo Chheng, e pelo governo Federal.