Nova surpresa baixista com o resultado do IGP-M de março reforça tendência de desinflação

Os últimos dados de inflação divulgados seguiram surpreendendo para baixo as expectativas do mercado, reforçando a expectativa de que o IPCA encerrará o ano com variação abaixo da meta de 4,5%. 

O IGP-M registrou ligeira alta de 0,01% em março, de acordo com os dados divulgados há pouco pela FGV, abaixo da  projeção da mediana das expectativas dos analistas de mercado (0,05%). A desaceleração em relação ao mês passado, quando tinha avançado 0,08%, refletiu a maior deflação do IPA agropecuário, que passou de uma queda de 0,88% para outra de 0,99% entre fevereiro e este mês, bem como a menor pressão do IPA industrial, que subiu 0,13% (ante alta de 0,20%). O IPC praticamente manteve o ritmo de elevação do mês anterior, ao subir 0,38% (após elevação de 0,39%). Por fim, o INCC também desacelerou no período, passando de uma alta de 0,53% para outra de 0,36%.