Moro diz que defesa faz "propaganda política" de Lula

Em mais um embate com os advogados do ex-presidente Lula nesta sexta-feira, durante audiência da Lava Jato, o juiz Sérgio Moro afirmou que o criminalista Cristiano Zanin Martins estava fazendo "propaganda política" do governo Lula e, por isso, vetou uma pergunta dele ao ministro da Fazenda Henrique Meirelles - arrolado pela defesa do petista na ação penal do caso tríplex.

"Pelos elementos que o sr. tem, o governo do presidente Lula foi um governo que trouxe benefícios ao País e não um governo que tenha buscado benefícios pessoais para os governantes e pessoas do alto escalão do governo?", indagou o advogado, na tentativa de rebater a tese da Lava Jato de que houve um grande esquema de corrupção orquestrado por Lula em seus mandatos presidenciais (2003/2010).

O magistrado vetou a pergunta, sob argumento que Zanin estava buscando ouvir opinião do ministro.