segunda-feira, 13 de março de 2017

Ministro do Trabalho quer regulamentar profissão de detetive particular

E por que não ?

O ministro do Trabalho, Ronaldo Nogueira, pediu ao presidente do Senado, Eunício Oliveira, a votação do projeto que regulamenta o exercício da profissão de detetive particular, ao instituir e disciplinar as atividades de coleta de dados ou informações no interesse privado. 

O ministro estava acompanhado do presidente da Comissão Nacional Pró-regulamentação da Profissão de Detetive Profissional no Brasil (CNPRD), Itacir Flores.

O Projeto de Lei da Câmara (PLC) 106/2014 é de autoria do próprio ministro, quando era deputado federal.

11 comentários:

Anônimo disse...

Só no Brasil mesmo! Wapapu!

Anônimo disse...

Como pastor crente ele poderia regulamentar a profissão de obreiro e cobrador de dízimo

Unknown disse...

Corporativismo legislativo!!!
Calhordas!!!

Anônimo disse...

BOA!!!! Agora vai sair da clandestinidade, para todo mundo ver quem são
os ESPIÕES DA CASA DO BARALHO!!!!

Anônimo disse...

a cornaiada anda as polvorosas

Anônimo disse...

Hehehehe e mais sindicatos
Pais de bosta mesmo.

Manoel Luiz Candemil disse...

Isso é para que os cidadãos passem a pagar por um serviço que deve ser prestado gratuitamente pela Polícia Civil. É o que já acontece com a necessidade do cidadão de pagar Planos de Saúde, Segurança de seus prédios residenciais e escolas privadas, todos serviços que deveriam der concedidos gratuitamente pelos Governos Federal, Estadual e Municipal. Mais uma barbaridade!!!

Anônimo disse...

Importante também seria regulamentar a profissão de afiador de facas e tesouras , antes que acabe .!!!

Anônimo disse...

o que vai ter de coxinha do parcão corno protestando contra o custo da regulamentação ehehehehhehe

Anônimo disse...

Tem que regulamentar porcaria nenhuma, esse povo com mentalidade getulista paga pela corda que os enforcará.

Anônimo disse...

Quer regulamentar as maletas do renan ?