Lava Jato prende, esta manhã, cinco conselheiros do TCE do Rio. Pai de ministro, Jorge Picciani, presidente da Assembléia, vai depor à força na PF.

O presidente da Assembléia do Rio, Jorge Picciani, pai do ministro Luciano Picciani e chefe do PMDB do Rio, está sendo conduzido coercitivamente pela PF.

É a nova etapa da Lava Jato no Rio de Janeiro, a Operação Quinto do Ouro. 150 agentes da PF foram mobilizados para o cumprimento de 43 mandados.

A Lava Jato carioca está prendendo cinco conselheiros do Tribunal de Contas do Estado. O Globo diz que “são alvos de prisão preventiva os conselheiros Aloysio Neves, Domingos Brazão, José Gomes Graciosa, Marco Antônio Alencar e José Maurício Nolasco.

A força tarefa elaborou ação a partir da delação do ex-presidente do TCE-RJ, Jonas Lopes Carvalho.