Justiça censura jornal da CUT que difama deputado Heitor Schuch, PSB do RS

A CUT, braço sindical do PT, investe muito dinheiro em campanha contra o governo Temer.

O juiz Assis Leandro Machado, da 3ª Vara Cível de Santa Cruz do Sul, concedeu ao deputado federal Heitor Schuch (PSB-RS) autorizou ato de busca e apreensão do jornal da CUT-RS contra a reforma da Previdência (PEC 287/2016). 

Uma das notas publica a imagem do parlamentar sugerindo que ele seria a favor da reforma.

Um oficial de justiça esteve na manhã desta quinta-feira na sede da entidade e apreendeu o jornal, mas as 100 mil cópias já haviam sido distribuídas. A CUT também teve que retirar de seu site e mídias sociais as publicações que faziam referência ao deputado.

11 comentários:

Anônimo disse...

A CUT faz parte do exército de Lula, assim como as assassinas FARC's tão apoiadas pelo PT. Aliás, o tal do padre Medina membro das FARC's continua leve, livre e solto no Brasil assim como o serial killer Césare Battisti?

Anônimo disse...

Polibio, vamos falar de modo franco, isto ai, briguinha entre socialistas, me lembra putas disputando melhores pntos na zona

Anônimo disse...



Censura ao jornaleco?

Ou a verdade sobre as pilantragens do deputado?

Só se saberá, quando forem se aposentarem e não conseguirem, porque foram vendidos por seus "representantes".

Anônimo disse...

Era SÓ ACABAR COM O IMPOSTO SINDICAL OBRIGATÓRIO e estas CENTRAIS SINDICAIS
favoráveis a roubalheira estariam desarmadas.

Anônimo disse...

Nós podemos dar o troco, difamamos a CUT, cria dos governos militares, resquício da ARENA PODRE!

Anônimo disse...

Este deputado vendido é ferrenho defensor do governo Temer/PMDB, por isso se supõe que votará a favor das reforma da previdencia

Anônimo disse...

Ora, este deputado, salvo ledo equívoco meu, estava no protesto organizado pela fetag e sindicatos rurais contra a reforma previdenciária, em 23 fevereiro pp, em Santa Rosa. marco maia mandou representante que fez discurso que devia ser ouvido, pelo próprios petistas, umas quinhentas vezes, para talvez a ficha cair...

Anônimo disse...

Ainda nem começou a discussão no congresso e como pode acusar alguém ?.Merece uma bela multa por perdas e danos ao deputado atingido.

Anônimo disse...

E a sonegação de grandes empresas na previdência: nenhum pio. Aí é só discussão judicial. Por baixo mais de 500 bilhões. Grande não sonega: faz planejamento tributário. E a justiça é uma mãe para o mau pagador, principalmente se tiver grandes advogados. Enquanto isso, a população trabalhadora que trabalhe 49 anos para ter direito a uma aposentadoria só razoável.

Anônimo disse...

Bem, se projeto for a votação, vejamos como o nobre deputado votará.

Anônimo disse...

Na mosca!