Estes deputados do PMDB e do PP boicotam a CPI do Badesul. Eles não querem investigar o governo Tarso Genro, PT.

As bancadas de deputados estaduais do PMDB, PP e PT não conseguem explicar por que razão boicotam a criação da CPI do Badesul, cujo objetivo é a investigação e responsabilização do governo Tarso Genro pels bandalheiras praticadas no banco durante o governo passado, conforme fica claro no relatório de 112 páginas da sindicância instaurada e realizada pela PGE do RS.

O relatório da PGE só denuncia peixes pequenos, apesar de deixar claro que os agentes políticos do governo estadual implementaram uma política industrial aventureira, temerária e com pressões e atropelos inaceitáveis, levando o Badesul a quebrar regras internas de aprovação de créditos, atropelando ritos e correndo riscos que quase quebraram com a instituição.

CLIQUE AQUI para ler o relatório de 112 páginas.

Estes deputados boicotam a convocação da CPI (os do PT e seus satélites PCdoB e Psol, não assinam por razões óbvias):

Vilmar Zanchin, zanchin@al.rs.gov.br

PP

Adolfo Brito, ajbrito@al.rs.gov.br
Frederico Antunes, frederico.antunes@al.rs.gov.br
Gerson Borba, gerson.borba@al.rs.gov.br
João Fischer, joao.fischer@al.rs.gov.br
Marcel van Hattem, marcel.vanhattem@al.rs.gov.br
Sérgio Turra, sergio.turra@al.rs.gov.br
Silvana Covatti, silvana.covatti@al.rs.gov.br