Eduardo Cunha lança "Diário da cadeia"

O livro "Diário da cadeia", assinado pelo ex-deputado Eduardo Cunha, chegará às livraria no dia 27 deste mês.

Eduardo Cunha não revela quem é o verdadeiro autor do livro, uma vez que o nome do autor é um pseudônimo.

A editora estampa na capa uma referência ao livro que o verdadeiro Cunha  prometeu escrever na cadeia, intitulado "Impeachment".

O livro é mais uma peça na guerrilha do ex-deputado e seus aliados do PMDB.

4 comentários:

Anônimo disse...

Cabral veio errado para o Brasil, queria as Índias, seu escriba era Caminha.
Cabral erradamente, de novo, agora está na prisão, mas quem escreve é Cunha.

Tempos são outros, brasileiros não mudam.


Anônimo disse...

corremos com a dilma lesa patia mas queremos ela na jaula, cade as algemas desta dona, vamu lá justiça

Anônimo disse...

Caro Políbio
Será que o Cunha não vai parar de encher o saco? Ou bem fala o que sabe ou cala a boca. Já cansou!
Esther

Anônimo disse...

Este pmdebista presidiário ladrão tem uma influência no governo Temer que ninguem consegue imaginar
Por incrível que pareça ele é consultado até para a nomeação de ministros