Dinheiro sujo rolou nas últimas eleições no RS, diz jornalista da RBS

A repórter Carolina Bahia conta na edição deste final de semana do jornal Zero Hora que dois doleiros gaúchos vão contar em delação premiada para quem e quanto deram de dinheiro sujo para candidatos a cargos públicos no RS.

Em 2016.

A jornalista não dá nomes.

Ela não costuma errar nas notas que publica.

10 comentários:

Anônimo disse...

certamente o atual prefeito cortou as verbas de propaganda na RBS e a familia Sirotsky começa a preparar a armadilha. Com Yeda foi assim e Polibio denunciou...

Anônimo disse...

Eleição para prefeito?
Mas esses caras são muito caras de pau!

Anônimo disse...

sim dinheiro da zelotes, vaca

Anônimo disse...

a ana amelia lemos do pp tá com o nome na lista da odebrecht

Anônimo disse...

e isto nao é novidade, grana sempre rolou a rodo nas eleiçoes em nosso pais

Anônimo disse...

kkkkkkkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Existe essa figura no cenário brasileiro (doleiro) porque o dólar é "proibido" e passa a ser ele, o laranja !!

Se o dólar fosse liberado como é na Argentina, Uruguai e outros tantos países onde até conta corrente os bancos abrem em dólar, não teríamos essa anomalia necessária aos corruptos.

Alguém saberia responder por qual razão o dólar AINDA é proibido ?

Uma liberação muito tímida tem sido feita no Banco do Brasil onde 1 caixa eletrônico em toda Porto Alegre libera dólares apenas para correntista !!

Coisa de 13o. mundo !

Luiz Oliveira disse...

O secretário estadual da fazenda disse que caixa dois é uma prática comum e ficou por isso mesmo. Até quando?

Anônimo disse...


E o Fortunati também tá na planilha de propinas da Odebrecht, cujo codinome é RICO!

Anônimo disse...

É, o barco ZH está afundando e a rataiada está com os nervos em frangalhos.