segunda-feira, 27 de março de 2017

Corsan fecha 2016 com lucro espetacular de R$ 208,9 milhões

A Corsan fechou seu balanço de 2016 com lucro espetacular de R$ 208,9 milhões, bem acima dos R$ 163,9 milhões do primeiro ano da administração Sartori.

A receita total da estatal gaúcha de sanamento foi para R$ 2,3 bilhões, 90% provenientes dos serviços de água.

12 comentários:

Anônimo disse...

Também, cobrando vento encanado, até eu fico rico!!!

Anônimo disse...

Dá para confiar nas contas apresentadas por políticos e funcionários de uma corporação de parasitas que há décadas detém monopólio do saneamento, tratam água cada vez pior e não tratam nem investem em tratamento de esgotos?
Só pode dar lucro mesmo: para funcionários e políticos. Um baita lucro.

Anônimo disse...

E OS SERVIÇOS CARÍSSIMOS E DE PÉSSIMA QUALIDADE.CADA CIDADE TEM QUE TER A SUA CIA DE ÁGUA.

Anônimo disse...

Então tá explicado.
Esse lucro fantástico deve-se ao fato de termos uma das águas mais caras do mundo.
Logo,este "lucro"é vergonhoso.
Fomos saqueados.

leandro menegol disse...

Boa tarde. Quer dizer,então, que pode baixar a conta de água dos usuários ?? Seria um alívio para todos , neste momento de dificuldade econômica.

Anônimo disse...

LUCRO tem seu motivo, NÃO CUMPRE CONTRATO prorrogado com municípios!

Anônimo disse...


Maravilha
Parabens aos dedicados funcionários. Mas apenas para lembrar, 90% da receita veio do serviço de água, isto nos mostra o desastre que é esta empresa, trata água mas não trata os esgotos, que tambem fazem parte dos serviços que deveriam prestar.

JORGE LOEFFLER .'. disse...

A CORSAN assim como o DAER precisa passar por rigorosas investigações feitas por quem sabe, ou seja, a POLÍCIA JUDICIÁRIA

A CORSAN cobra a água mais cara do Brasil, com preço maior do que a SABESP que precisa dar lucro a ser pago a investidores da Bolsa de Nova Iorque onde a mais protegida quadrilha do país e cujo nome é PSDB vendeu ações da mesma.
A CORSAN pouco ou nada investe de seus recursos. Investe sim quando vem dinheiro do Governo Federal a fundo perdido do tal PAC. E quando investe sempre o faz onde MAIS CONVÉM A ELA PRÓPRIA.
Exemplo: Capão da Canoa recebe implantação de rede coletora de esgotos cloacais em áreas em que há prédios de apartamentos. Qual a razão? Ocorre que nesses prédios erguidos sobre apenas UM LOTE há até 48 imóveis. Assim há 48 consumidores e geradores de esgoto cloacal.
Assim um prédio destes gera consumo de água equivalente a 48 outros lotes ocupados com imóveis individuais. Esses 48 clientes pagam a cada mês no veraneio o consumo medido de água e sobre este a estatal calcula que 70% esgoto e baseada nisto estabelece a TAXA DE ESGOTO. Fora do veraneio esses 48 imóveis pagam uma tarifa mínima de consumo que praticamente inexiste e sobre esta mais a taxa de esgoto. Melhor negócio do que isto não existe.
Há outros casos escabrosos, um dos quais é Xangri-Lá que anteriormente aqui abordei e só não retorno ao mesmo para não esgotar a paciência dos amigos leitores.

Anônimo disse...

polibio

mais um elefente branco pesando na vida do todos os cidadãos

o valor da água está superfaturado

não fazem saneamento algum

mais um mar de pelegos cheios de privilégios cobertos com o dinheiro do cidadão

a tal fundação é outra que está com rombos como todas as demais fundações estatais e quem vai pagar a conta é o caixa do tesouro do estado

pois tudo o que arrecadam é para si próprios, como se fossem donos desse elefante pesado ao bolsos dos contribuintes

os privilegiados tem salários de quase marajás e aposentadorias tão polpudas que dão inveja até a grandes empresários do brasil

chega desses fantasmas da coisa pública

que privatizem ou que os municipios retomem os serviços, pois a tal corsan não faz saneamento algum

só quer saber da água e cobrar taxas cada vez maiores

Anônimo disse...

Agora que tão ameaçando privatizar a Corsan, CEEE, Sulgaz e Banrisul começam a dar lucros????

Anônimo disse...

Pouquíssima gente paga esgotos, ninguém quer pagar por este serviço que é caríssimo, depois não adianta reclamar. Reclamar é fácil, mas como disse Churchill a um adversário político: "O Sr. tem todo o direito de falar a respeito de assuntos sobre os quais o Sr. não tem a menor idéia de quais sejam".

Anônimo disse...

Nossa, quantos comentários bitolados, se dá prejuízo, é porque dá prejuízo, se dá lucro é porque dá lucro. Que bom que dá lucro é pode ajudar o estado a se financiar, por meio da distribuição dos dividendos.