Coréia do Sul volta atrás e mantém compra de carne brasileira

China, Chile e União Européia ainda querem mais explicações e conclusão de suas próprias verificações.

A Coréia do Sul voltou atrás e decidiu manter suas compras de carne no Brasil. O governo e os importadores  coreanos aceitaram as decisões e explicações do governo e dos exportadores brasileiros.