terça-feira, 7 de março de 2017

Cobrança de despacho de bagagem valerá na próxima semana

Às vésperas do início da vigência da resolução da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) que permite as companhias aéreas a cobrança pelo despacho de bagagens, as incertezas para o consumidor ainda são muitas. As empresas não têm prazos definidos para o início da execução na norma, nem os valores a serem praticados, nem a forma como será a taxa.

Outras não têm, sequer, um posicionamento sobre o tema e o mais grave: a maioria não sabe se conseguirá reduzir os preços dos bilhetes para os passageiros que não utilizarem o serviço, nem a porcentagem do desconto.

A resolução passa a valer a partir da próxima terça-feira (14) e, pela Anac, cada companhia terá autonomia para criar as regras próprias, inclusive, mantendo as franquias atualmente em vigor. Dessa forma, o consumidor precisa analisar a operação de cada empresa e escolher a que lhe parecer mais conveniente.

4 comentários:

Ricardo Mainieri disse...

E aquele projeto que está na Câmara, suspendendo esta resolução da ANAC. Os nobres deputados não podem dar uma mãozinha para os contribuintes.

Anônimo disse...

Obrigado Temer.
Obrigado PMDB

Anônimo disse...

Esta é uma amostra do estado mínimo, onde a livre concorrência resolve tudo.

Esperem sentados redução de tarifa.

O que antes era gratuito agora será cobrado, simples assim. Não gostou? Pegue um ônibus.

Mais uma lei comprada destes políticos pilantras que não pagam suas próprias passagens.

Anônimo disse...

BRASIL : PAÍS DA VERGONHA. ISSO É A MAIS PURA PILANTRAGEM DE UM ORGÃO QUE NASCEU PRA DEFENDER O CONSUMIDOR E ESTÁ AGORA CONTRA TODOS OS BRASILEIROS.
PURA VERGONHA.