Bancários gaúchos fazem ato público pelo Banrisul, esta manhã, na Redenção

O sindicato patrocina publicitária em campanha aberta.

O Sindicato dos Bancários do RS promoveu neste sábado, a partir das 9h30, na sede da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Instituições Financeiras do Rio Grande do Sul, a Assembleia Nacional dos Banrisulenses, tudo em defesa do Banrisul. 

Hoje, domingo, o sindicato realiza, a partir das 10h, no Parque Farroupilha (Redenção), em Porto Alegre, junto ao Monumento do Expedicionário, a Mateada em Defesa do Banrisul Público. 

Na quarta-feira haverá o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Banrisul Público, no Auditório Dante Barone, da Assembleia Legislativa, a partir das 18h.

O sindicato disse ontem que "parecia que o assunto da possível privatização do Banrisul havia murchado, mas na quarta-feira, uma análise no site InfoMoney voltou a acender os faróis sobre o banco”. O jornal Zero Hora repercutiu a nota. O sindicato lembrou que o jornal Zero Hora, do Grupo RBS, é uma empresa que historicamente defende privatizações, tendo, inclusive, participado dos leilões de telefonia nos anos 1990, quando a CRT foi vendida.

Na semana passada, especulações sobre valores das ações do Banrisul conduziram a valorizações inesperadas.  São movimentos do mercado e do setor financeiro de expectativa diamnte dapossível venda do banco.