domingo, 19 de março de 2017

Bancários gaúchos fazem ato público pelo Banrisul, esta manhã, na Redenção

O sindicato patrocina publicitária em campanha aberta.

O Sindicato dos Bancários do RS promoveu neste sábado, a partir das 9h30, na sede da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Instituições Financeiras do Rio Grande do Sul, a Assembleia Nacional dos Banrisulenses, tudo em defesa do Banrisul. 

Hoje, domingo, o sindicato realiza, a partir das 10h, no Parque Farroupilha (Redenção), em Porto Alegre, junto ao Monumento do Expedicionário, a Mateada em Defesa do Banrisul Público. 

Na quarta-feira haverá o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa do Banrisul Público, no Auditório Dante Barone, da Assembleia Legislativa, a partir das 18h.

O sindicato disse ontem que "parecia que o assunto da possível privatização do Banrisul havia murchado, mas na quarta-feira, uma análise no site InfoMoney voltou a acender os faróis sobre o banco”. O jornal Zero Hora repercutiu a nota. O sindicato lembrou que o jornal Zero Hora, do Grupo RBS, é uma empresa que historicamente defende privatizações, tendo, inclusive, participado dos leilões de telefonia nos anos 1990, quando a CRT foi vendida.

Na semana passada, especulações sobre valores das ações do Banrisul conduziram a valorizações inesperadas.  São movimentos do mercado e do setor financeiro de expectativa diamnte dapossível venda do banco. 

20 comentários:

Anônimo disse...

Editor, viu alguma coisa sobre 50milhoes ao mineirinho, vulgo Aécio das neves???? Se viu fez que não viu,.... Não é do Pete mesmo, não merece destaque.... Hipócrita

Anônimo disse...

Então, é o caso de vender, com urgência!!! Pelegos adoram estatais e boquinhas. E, por falar nisso, vamos começar uma campanha contra o chamado imposto sindical, taxas, etc. cobradas dos trabalhadores e patrões que não são sindicalizados.

Anônimo disse...

Vamos privatizar tudo! Quem que tem saudades da CRT? A população não sentirá saudade da CEEE, Banrisul, etc., só seus funcionários.

Anônimo disse...

Bom e depois do evento na Redenção, depois do almoço deem todos uma passada lá no Parcão pra manifestar apoio ao fim do estatuto do desarmamento.

Talvez com isso - cidadão legalmente armado - se reduza ou acabe com os assaltos a bancos e caixas eletrônicos !

Anônimo disse...

FAZEM MUITO BEM OS BANCÁRIOS, POVO GAÚCHO NÃO PODE ESQUECER O QUE FIZERAM COM A CAIXA ESTADUAL E DEPOIS COM A NOSSA CAIXA.

Anônimo disse...

Tem sindicato contra? Então vende.

Anônimo disse...

Tem mutreta neste negócio, Banrisul rende ao Estado muito dinheiro, não deve ser vendido.



ARS disse...

Pois é... Se venderem o banco estatal, os pelegos nunca mais vão poder mamar ali, nem financiar os corruPTos.

Anônimo disse...

ESTOU VENDENDO a minha parte no BANRISUL, favor fazerem propostas de compra da parcela do capital que tenho neste negócio sacana.

rafael disse...

Privatiza tudo! Não existe patrimônio público, patrimônio do povo, a Petrobras não é nossa, é tudo do Estado, é tudo dos políticos e dos burocratas, do deep government. Não seja bobo, somos apenas idiotas úteis defendendo as boquinhas delles, bom, os que defendem isso.

Anônimo disse...

Pq os sindicatos estão quietos, não se manifestam, qto a roubalheira dos fundos de pensão dos - DO BANCO DO BRASIL, DA PETROBRÁS, DA CAIXA ECONÔMICA, DOS CORREIOS - que esse governo petralha roubou....são mais de 41(quarenta e um) bilhões de reais de roubo. ISTO TUDO, É PÚBLICO E NOTÓRIO. A imprensa toda noticia essas roubalheiras.

- Qto a CRT, foi a melhor coisa que o governo FHC/Brito, fizeram. Vender a CRT, modernizou a telefonia no Brasil e no Rio Grande do Sul. Quem está descontente com a venda, é só não usar celular, nem smart. Antes da privatização, a gente tinha que comprar tlf, e acrescentar na declaração de renda, como um bem adquirido.

Cosip disse...

SOU A FAVOR DA VENDA DO BANRISUL, O BANCO QUE É DELES. DO SINDICATO E DOS EMPREGADOS.
Sou a favor do Estado ter supermercados e salões de beleza estatais. Quem sabe uma padaria e uma casa noturna também.
Estado é para cuidar de saúde, educação e segurança. O resto é cabide de emprego e massa de manobra para sindicatos e para vencer eleições.

Anônimo disse...

Isso é uma falácia que os papagaios repetem por aí sem pensar. Na época que a CRT foi doada ops vendida, o celular e a internet estavam dando os primeiros passos. Smartphones então nem em sonhos existia. O que houve foi só a evolução da tecnologia no mundo. Resumindo, não foi a privatização da CRT que fez surgir tudo isso. Sinto te desapontar!

Anônimo disse...

Não sou gaúcho, sou riograndense então tem que vender este banco que estamos pagando a divida com a união a´te hoje, mentem quando dizem que dá lucro. Estado não tem que ter banco, aqui não e a União Soviética. Passa nos cobre enquanto é tempo. Agora vem sindicatos mamadores e marajás chantagear o povinho, dito gaúcho, dizendo que o banco ´é de todos? Não pague o cartão pra ver se não te botam no Serasa. Bota no pacote a CEEE, Corsan e tudo mais.
Joel brasileiro, riograndense, caxiense e colono.

Anônimo disse...

Privatizar tudo , não existe outra solução. Pelegos ????? são cegos não detectam as maracutaias. Agora a coisa começou com a prisão de empresários, politicos e de funcionários publicos

Anônimo disse...

Tem que vender, nos últimos 10 anos estes merdas fizeram 12 meses de greve, e não recuperaram um dia, só descontaram dos correntistas, bando de vagabundos.

Anônimo disse...

SE VENDER NÃO TEM MAIS VOLTA PRA PETRALHADA PELEGA. AQUELA QUE PERDEU AS BOQUINHAS NAS PREFEITURAS E NAS CÂMARAS MUNICIPAIS. - BANRISUL - O PIOR BANCO DO BRASIL! PRIVATIZA JÁ!

Anônimo disse...

"O que é nosso".
"Nosso"....de quem cara pálida?
Tu quer dier "teu".
Teu cabide, mamata, refugio de esquerdista vagabundo....etc....

Anônimo disse...

"DEFENDER O QUE É NOSSO"??? Se este banco é MEU, o que eu recebo dele? NADA. Então não é meu, nem nosso. Outra mentira desta esquerda obtusa. Vendam logo este entulho.

Justiniano disse...


Bancário é outra profissão com os dias contados para a extinção, fizeram greve e ninguém sentiu sua falta.

Com as novas gerações banco será um edifício para ser museu, porque acessarão de todas mídias disponíveis, vão ficar somente as terminais de saques e até isso já está com os dias contados.

Nos EUA a maioria dos banco tem meia dúzia de funcionários, porque o resto é feito pelas mídias. Lá o futuro já chegou.