Atentado terrorista em Londres deixa quatro mortos e vários feridos graves

Quatro pessoas morreram e mais de 20 pessoas tiveram ferimentos "catastróficos" quando um homem atropelou pedestres ante o Parlamento britânico, antes de esfaquear um policial, indicou a agência britânica PA, citando um médico do Hospital de Saint Thomas, muito próximo ao Parlamento de Westminster, e que recebeu as vítimas do atentado classificado de "terrorista" pela polícia.

O ato ocorreu nesta quarta-feira  em frente ao Parlamento de Westminster, em Londres, onde a área foi isolada, anunciou o chefe da Câmara dos Comuns, David Lidington. Segundo a polícia, um policial foi esfaqueado e um suposto agressor baleado.

Embora a polícia inglesa tenha confirmado quatro mortos, Mark Rowley, chefe do Departamento de Contra-Terrorismo de Londres divulgou apenas a morte de uma mulher e um policial esfaqueado.