domingo, 19 de março de 2017

Assassino do jovem Gabryel Delgado foi preso em Porto Alesgre

Ao lado, retrato falado dobandido.

Agentes da 4ª Delegacia Polícia, sob comando do delegado Herbert Ferreira, prenderam na manhã deste domingo um suspeito de matar o estudante de marketing da Fadergs, Gabryel Machado Delgado, 20 anos, na avenida Pernambuco, no bairro São Geraldo, na zona Norte da Capital. 

A Polícia Civil deve divulgar mais detalhes nas próximas horas, após o indivíduo ser reconhecido ou não pela testemunha do crime. 

Ele foi preso no Morro da Cruz, próximo à avenida Bento Gonçalves, zona Leste de Porto Alegre.

8 comentários:

Anônimo disse...

Louvado seja Deus por isso! Que pague por seus crimes.

Anônimo disse...

Espero que seja eliminado o quanto antes. Bandido bom é bandido MORTO

Anônimo disse...

Espero que seja eliminado o quanto antes. Bandido bom é bandido MORTO

Anônimo disse...

Por isso que temos tanta criminalidade. A policia prefere ser capa de jornal para dizer que prendeu o cara do que apagar o infeliz e mandar recado para a vagabundagem.

Nunca vai dar certo enquanto a polícia não exterminar os vagos.

Anônimo disse...

Lembro um dia, há muitos anos (20, mais ou menos), que vi um marginalzinho tentando arrancar a bolsa de uma mulher na Marechal Floriano. A mulher se agarrava na bolsa e não deixava o cara tirar. Isso chamou a atenção das pessoas que passavam por ali, o que fez com que o cara corresse em direção à Salgado Filho. E o povo atrás dele. Chegando lá, deu de cara com um outro grupo de pessoas que eatavam chegando para acudir a mulher. Conclusão: o grupo cercou o cara e queria lincha-lo. Foi salvo por um brigadiano. Hoje, com todo o problema de policiamento que temos, provavelmente o marginal seria linchado...

Unknown disse...

Urge declarar Estado de Guerra!!!

Anônimo disse...

Na semana que vem já estará nas ruas. Não aguento mais esse mimi de que não é culpa do Judiciário. Claro que é culpa sim. A sociedade não pode mais ficar em silencio. Esse Judiciário podre tem que mudar. Tem que ser republicano e não oligárquico.

Paulo Sergio da Veiga Rocha disse...

Se for culpado, dentro de uns quatro anos estará de volta para matar.