Artigo, Ernani Polo, Zero Hora - E se não fosse o agro ?

O autor é deputado e secretário da Agricultura, Pecuária e Irrigação do RS.

A agropecuária mais uma vez demonstra sua força, com reflexo direto na economia do país. Em meio ainda a turbulências políticas, com um aceno de recuperação da economia, o agro se destaca. O Brasil deverá superar a casa das 220 milhões de toneladas de grãos (1 tonelada por habitante), colocando-se entre os países maiores produtores de alimento do mundo, com expressiva projeção de crescimento do setor no país.

Só no RS, o agro representa de forma direta em torno de 45% do Produto Interno Bruto. Mais de 60% das exportações do Estado em 2016 vieram deste estratégico setor.

CLIQUE AQUI para ler tudo.


5 comentários:

Anônimo disse...

E com toda esta "pompa" estamos quebrados !!!!!!!!!
O problema é a classe politica.
O estado na mão de empresários e gestores estaria em situação muito melhor.

MILTON disse...

BOA TARDE

TEMPO BOM QUE TINHAMOS ESTUDOS SOCIAIS MORAL E CIVICA ETC

ERA NA SEGUINTE ORDEM SETOR PRIMARIO SECUNDARIO E TERCIARIA

O RGS SEMPRE FOI EXPOENTE NO BRASIL ATRAVES DA AGRICULTURA E PECUARIA DEPOIS VINHAM OS OUTROS SETORES

HJ SO QUEREM MONTADORAS OS AGRICULTORES USAM PIERCING E DURO

ABRAÇOS

Anônimo disse...

Quanto mais diversificada a economia, mais estável é e não precisamos ficar sempre com medo de nuvens e secas.

Anônimo disse...

Alguém que extingue a pesquisa agropecuária estadual e deixa centros de pesquisa sem luz, internet e serem invadidos por completa inoperância da secretaria não pode falar em importância do AGRO. Sem pesquisa não haverá no futuro breve o que os técnicos da Emater repassarem aos produtores para resolverem seus problemas, não há geração de conhecimento, só empirismo, o trem do desenvolvimento já vai ter partido a muito tempo...

Anônimo disse...

No dia que os agricultores "DESCOBRIREM" que o MELHOR REMÉDIO É A COMIDA,
a agricultura será valorizada de acordo com a sua importância!!!
Atualmente, a comida é valorizada como o petróleo dos árabes da década de
sessenta, ou seja, VALE UMA MERRECA!!! Mais um belo dia OS ÁRABES ACORDARAM
E HOUVE UMA VALORIZAÇÃO ADEQUADA DO PETRÓLEO!!!
Quando erá que isso vai ocorrer com a COMIDA POR AQUI??????????????????