Ação de improbidade contra Yeda volta a tramitar em Santa Maria, decide STJ

Conforme decisão de ontem do STJ, o processo movido pelo MPF contra a ex-governadora Yeda Crusius no âmbito da Operação Rodin, continuará tramitando na Jusatiça Federal de Santa Maria. O TRF4 tinha decidido trancar a ação de improbidade, que não respeita foro privilegiado.]

O advogado de Yeda, Fábio Medina Osório, vai recorrer.