Vereadores querem ser ouvidos sobre privatização do Mercado Público de Porto Alegre

Pode não ser fácil implantar a ideia do prefeito de Porto Alegre Nelson Marchezan Júnior de conceder à iniciativa privada a gestão do Mercado Público, ao reconhecer que a administração municipal não faz o trabalho como deveria.

Os vereadores querem, antes, discutir a fundo as consequências que a medida implicará. Sem maioria na Câmara, Marchezan precisará de argumentos muitos convincentes, já que, sobretudos os parlamentares de esquerda, têm ojeriza à entrada de entes privados em bens públicos.

6 comentários:

Unknown disse...

Para que???

Anônimo disse...

Mas não é uma alienação de próprio municipal!
Parece-me que uma simples medida administrativa já é suficiente.

Anônimo disse...

Os parlamentares de esquerda tem ojeriza a entrada de entes privado em bens públicos. No entanto nada fazem por eles e quando podem os destroem, deixando os prejuízos para o trabalhador pagar com exorbitantes impostos. Queremos sim um Mercado Público moderno e capaz de atender a todos. POA merece. Se o Município está falido, e disso ninguém tem dúvidas. Privatize-o. Simples

Anônimo disse...

Sim, privatizar, da mesma forma q a rodoviária. Só vão explorar, aumentar os preços e melhoria que é bom ..vai ficar na história...como sempre...acorda povo burro!O Mercado Público é tudo de bom...deixem ele quieto.

Anônimo disse...

Porto Alegre merece um Mercado Público....que continue público, democrático...Não que vire mais um meio de exploração para algum empresário que não vai fazer nada de bom pelo Mercado

Anônimo disse...

Porto Alegre merece um Mercado Público....que continue público, democrático...Não que vire mais um meio de exploração para algum empresário que não vai fazer nada de bom pelo Mercado