Venezuela congela contas e bloqueia bens da Odebrecht no país

O Ministério Público da Venezuela, que investiga as supostas irregularidades nas contratações feitas pela construtora brasileira Odebrecht, decidiu nesta quarta-feira pelo bloqueio dos bens e congelamento das contas bancárias da empresa naquele país.

A investigação é voltada para esclarecer a situação da Odebrecht e descobrir se as obras, em que foi contratada, estão concluídas ou não. Também pedem a verificação sobre o quanto foi cobrado e se algum funcionário público venezuelanos ganhou com essas negociações. A procuradoria já havia pedido, em janeiro desde ano, uma ordem de apreensão contra uma pessoa não identificada, por estar supostamente vinculada com o caso. Após, pediu a incorporação da mesma ao alerta vermelho da Interpol, para localização, prisão e extradição para o país.

4 comentários:

Anônimo disse...

Alguém avise o procurador que temos aqui um barbudinho envolvido com o caso...se precisar nós pegamos ele e enviamos para lá...

Anônimo disse...

O JUDICIÁRIO DA VENEZUELA, QUEM DIRIA, É MUITO SUPERIOR AO DO BRASIL.
O BRASIL É MUITO PIOR DO QUE A VENEZUELA.
A INCOMPETÊNCIA OU MÁ INTENÇÃO DO NOSSO JUDICIÁRIO É A MAIOR DO MUNDO.
PURA VERDADE!

Anônimo disse...

Pais quebradaço, vai dar o bote na Odebrecht como fez a Bolivia com a Petrobras.

Anônimo disse...

O judiciário venezuelano é controlado por Maduro. Melhor aguardar.