Venda de mais estatais não está descartada para conseguir empréstimo


Um dos pontos levantados ao final da visita dos técnicos da Secretaria do Tesouro Nacional ao Rio Grande do Sul para examinar as finanças gaúchas, nesta sexta-feira, é de que o Estado pode ter que vender mais algumas estatais para continuar a receber ajuda do Governo Federal.

Já está agendada uma nova visita para o mês de março com o mesmo corpo técnico, nos dias 7 e 9 de março, onde também participarão representantes da Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda e do Ministério de Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. Desta vez, haverá uma avaliação criteriosa de todas as empresas públicas estaduais, para depois serem definidas as contrapartidas dadas como garantia ao empréstimo federal.  Além de informações sobre todas as estatais, eles solicitaram mais dados sobre a programação financeira, previdência social, despesa com pessoal, arrecadação tributária, benefícios fiscais e passivos da desoneração das exportações, além de um amplo diagnóstico da dívida pública e dos precatórios, que hoje são superiores a R$ 12 bilhões.

17 comentários:

Anônimo disse...

Estão acertando o tamanho do pixuleco de cada um.

Anônimo disse...

A solução será um empréstimo.

Anônimo disse...

E QUANDO ACABAREM AS ESTATAIS O QUE O PMDB FARÁ????

Anônimo disse...

É tudo o que o mercado gosta de ouvir.
Para os gaúchos, vejam que vendendo duas das estatais que dão lucro, Sulgás e CEEE, não dá pra pagar nem dois meses de folha de pagamento

Anônimo disse...

Resposta ao anonimo das 19:24. Qdo acabarem as estatais, eles vao desfrutar o que embolsaram em suas propriedades em Miami, ilhas Caiman, Paris.... kkkkkk

Anônimo disse...

Banrisul vai, questão de tempo para irem pensando como falar para os gaúchos.

Tudo combinado em cruzeiro oceânico ?

Anônimo disse...

http://www.oantagonista.com/posts/o-barco-de-wilder

Anônimo disse...

Depois de vender todas as estatais, tendo em vista que todas geram alguma receita ao estado, restará ao PMDB a alternativa de aumentar os impostos novamente, para compensar a perda da receita das estatais.

Anônimo disse...

O que vai acontecer é o que aconteceu na gestão da Yeda aonde se chegou ao défict zero. E depois a gauchada elege mais petista ou pedetista ou similar pra enterrar o estado de novo. Daí meu amigo. ....

Anônimo disse...

O que vai acontecer é o que aconteceu na gestão da Yeda aonde se chegou ao défict zero. E depois a gauchada elege mais petista ou pedetista ou similar pra enterrar o estado de novo. Daí meu amigo. ....

Anônimo disse...

Tem que vender tudo o que o estado quer com empresas, cabides de emprego, roubos, obras superfaturadas, contratos inidôneos, nepotismo cruzado, etc etc deixa pra iniciativa privada governo tem que governernar e jamais administrar empresa...

Anônimo disse...

O Sartori como o Brito quer garantir a aposentadoria vitalícia com a venda.

Anônimo disse...

Em uma hora dessas é que se percebe o valor do uso de preservativo. Se usado tudo isso seria evitado. Porco Dio Carmela. Quer matar o doente para acabar com a doença. Coitado do futuro Governador, só dívidas sem as receitas das empresas do Estado.

Anônimo disse...

Para a crise a solução é vender a vaca de leite, tipico do PMDBosta.....

Anônimo disse...

As empresas de telefonia são privadas e prestam um Péssimo (de) serviço. Solução do governo Temer:perdoar dívidas e doar imóveis. É , privatizando melhorava ( para algun$$$$) kkkkkkkk

Anônimo disse...

As empresas de telefonia são privadas e prestam um Péssimo (de) serviço. Solução do governo Temer:perdoar dívidas e doar imóveis. É , privatizando melhorava ( para algun$$$$) kkkkkkkk

Anônimo disse...

Venda tudo, estado não tem que ter Banco e fundações e um monte de apaniguados. O estado esta falido mas com elefantes branco que não produzem nada.