Segunda parte do pacote de Sartori irá a voto apenas depois do Carnaval

O governo Sartori não insistirá pra votar este mês a segunda e mais importante parte do seu pacote de reorganização administrativa e ajuste fiscal.

Isto inclui a PEC 259/2016 que autoriza vender CEEE, CRM e Sulgás sem a realização de plebiscito.

Ficará tudo para depois do Carnaval, março.

Até lá, o governo espera ter fechado os termos do acordo de repactuação da dívida com a União, que dependerão do aval da Assembléia.

2 comentários:

Unknown disse...

Com confetes e serpentinas... Dá-lhe Sartori!!!
E que a corte dos nobres(Legislativo e Judiciário) faça a sua parte no sacrifício de ajuste do Estado!!!
Se lambuzaram comendo o filé... agora e hora de aprender a roer o osso que sobrou!!!

Anônimo disse...

NAS FUNDAÇÕES QUE O SARTORI EXTINGUIU,TEM UMAS DE ACORDO COM UM AMIGO QUE É SERVIDOR,NÃO TÊM MAIS QUE 10, 15 SERVIDORES NO TRABALHO HOJE.NA REAL TODAS PARADAS.FERIADÃO E OS SERVIDORES SABENDO QUE IRÃO PARA A DEGOLA.SE O GOVERNADOR QUER ECONOMIZAR E SÓ PENSA NISSO,DEVERIA TER DECRETADO FERIADÃO PARA O ESTADO.É SÓ GASTO DE LUZ,ÁGUA,SEM NECESSIDADE.E NINGUÉM FAZENDO NADA.TUDO PARADO.ESSE É O ESTADO DO RS.