Receita tenta reaver R$ 15 bi dos R$ 40 bi desviados da Petrobras

A Receita Federal vai cobrar R$ 15 bilhões de políticos, empreiteiras, estaleiros, operadores de propina e outros envolvidos no esquema de corrupção na Petrobras, investigado na Operação Lava-Jato.

O valor é a soma das autuações feitas até o último dia de janeiro e as que serão emitidas com base nas fraudes já descobertas pelo grupo especial destacado pelo Fisco para apurar crimes tributários relacionados aos desvios na estatal.

Até agora, a Receita já multou os investigados em R$ 10,1 bilhões, muito longe dos mais de R$ 40 bilhões que, calcula-se, tenham sido desviados da Petrobras.