Proposta que vai reduzir os tributos sobre o consumo poderá ser encaminhada ao Congresso em abril

Está sendo estudada pelo Governo Federal uma proposta para aumentar a tributação sobre a renda e os ganhos de capital, e reduzir os tributos sobre o consumo, numa medida que deverá ser encaminhada Congresso até o mês de abril.

A revelação foi feita no dia de ontem pelo ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, ao afirmar que o sistema tributário brasileiro onera muito o consumo, e faz os mais pobres pagarem mais do que podem. Definindo toda esta situação como uma “deformidade”. O ministro chamou a proposta do governo de "simplificação tributária" e adiantou que o texto final deverá ser enviado em abril deste ano ao Congresso Nacional.

11 comentários:

Unknown disse...

Que atinja só os polpudos do Judiciário&Cia(Legislativo)!!!
E que sejam taxados todos os ganhos de privilégios e benefícios imorais... sem maquiagem!!!

Anônimo disse...

Que se passa no Brasil?
Urge que fiquemos em alerta!!!!
Vale a leitura do pequeno artigo abaixo:
Explosões de Violência na Revolução Brasileira.
Aqui:
http://www.alertatotal.net/

Anônimo disse...



Bate e assopra.

Um agradinho antes de ferrar por completo com o contribuinte, nas reformas da Previdência e trabalhista.


Anônimo disse...

o quadrilha está dizendo "DEIXA UMA PROPINA PEQUENA PARA MIM, OK?".....num pais sério este corrupto estaria na prisão...

Anônimo disse...

ou está dizendo: "ÉSTA PROPINA É POUCO".....

Anônimo disse...

Prezado Políbio, o título diz reduzir e na primeira linha fala "governo estuda AUMENTAR impostos"... e depois reduzir. Smj, manchete mais apropriada seria "proposta vai modificar impostos". Que se sabe pela experiência, acaba sempre aumentando.
Medidas que seriam eficazes para despiorar a situação: eliminar [muitos] impostos e acabar com obrigações acessórias [declarações]. Estas são também um custo tributário não computado; e é enorme.

Anônimo disse...

Pensei que o Governo era uma forte coligação PMDB, PSDB, PPS, PP, DEM e outros nanicos. Esta proposta de taxar ganhos de capital só poderia ser do PSOL, PDT, PT, me engana que eu gosto. Diz que vai tributar grandes fortunas e ferra com os que dependerão de uma mísera aposentadoria no INSS.
Nenhum governo tem coragem de rever salários do Judiciário e Legislativo.

Anônimo disse...

IVA é a solução. Por exemplo na Itália o IVA é de 17% para produtos normais e 25 a 27% para o luxo, tipo perfumes, cosmeticos, tvs acima de 40", ou seja quem pode mais paga mais.

Anônimo disse...

Este tá com a vida ganha.
fazendo gestão no planalto na casa civil só para ajeitar seu bolso.

Anônimo disse...

Conversa para boi dormir....

Anônimo disse...

Esse aí recebeu 10 milhões para entregar ao PMDB mas não entregou nenhum pila