Porto Alegre acaba de perder R$ 3,5 bi da União para as obras do sonhado metrô

O Ministério das Cidades divulgou há pouco que Porto Alegre não verá um centavo dos R$ 3,54 bilhões que a então presidente Dilma Rousseff havia assegurado para a construção da segunda linha do metrô.

Conforme o comunicado do Ministério, o cenário econômico e as dificuldades que os governos estaduais e as prefeituras têm enfrentado motivaram uma revisão da carteira de projetos de mobilidade urbana. Havia um conjunto grande de empreendimentos selecionados há mais de um ano, em que os governantes não conseguiram apresentar a documentação necessária para contratação.

Isto significa que a prefeitura não cumpriu sua parte, ficando apenas no falatório do ex-prefeito José Fortunati.