quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Partidos nanicos tentam ganhar voz dentro da Assembleia gaúcha

Os sete partidos representados por apenas um deputado cada na Assembleia Legislativa estão se organizando para formar um bloco parlamentar com a intenção de conquistar maior espaço político dentro do Parlamento.

O principal objetivo é conquistar um cargo de expressão na Comissão de Constituição e Justiça, uma vez que, juntos, eles têm 114 projetos aguardando análise, sem qualquer perspectiva de serem julgados.

A iniciativa tem Pedro Ruas (PSOL) como titular e Any Ortiz (PPS), suplente. Também integram o bloco os deputados Bombeiro Bianchini (PPL), Sérgio Peres (PRB), Regina Becker Fortunati (Rede), Missionário Volnei (PR) e João Reinelli (PV). Edu Olivera (PSD) também forma bancada de um deputado, mas não quis assinar o projeto.


2 comentários:

Anônimo disse...


Afora a Any Ortiz o que esperar desta fauna ainda mais sob a presidência de Pedro Ruas. É tragicômico.

Unknown disse...

Redundência... nossa Assembleia já e nanica!!!
'Habemus' presidente petralha do MST!!!