terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Nova pesquisa aponta derrota de Merkel na Alemanha

Pela primeira vez uma pesquisa eleitoral mostrou o partido da chanceler da Alemanha, Angela Merkel, na segunda posição na disputa das eleições parlamentares que serão realizadas no dia 24 de setembro.

Realizado pelo instituto Insa e encomendado pelo jornal "Bild", o levantamento coloca a conservadora União Democrata-Cristã (CDU) e sua aliada no estado da Baviera, a União Social-Cristã (CSU), com 30% da preferência, atrás do Partido Social-Democrata (SPD), de centro-esquerda, que tem 31%.

A última pesquisa feita pelo Insa mostrava a CDU-CSU com 33% das intenções de voto, contra 27% do SPD.

4 comentários:

Justiniano disse...

Merkel agiu como ditadora dentro da UE, foi a sombra do megaempresário Soros, abriu as fronteiras para os refugiados, que diga-se que a maioria dos refugiados são pobres oriundos dos países africanos, que claro são muçulmanos, se todos aqueles milhões fossem refugiados da Síria e Iraque, hoje não haveria mais ninguém por lá.
Portanto esse falácia de dizer que todos são refugiados de guerra é uma tremenda sem-vergonhice da mídia.

Merkel mostrou estar a serviço dos neocomunistas que dirigem a UE, em que valores morais, éticos e cristãos devem ser abolidos e acabar com a civilização ocidental.
A mídia européia já vem com aquele papo de que os nazistas vão voltar e, isso certamente não vai ocorrer porque a população judaica na Alemanha é maior de toda a Europa, que é hoje muito maior do que aquela anterior a 2° guerra. Os alemães já pagaram um preço muito alto e estão vacinados contra o nazismo.



Unknown disse...

Que vá se refugiar nos países que protege!!!

Anônimo disse...

Protege terroristas e seus apoiadores vermelhos e espera ser tratada com flores?

Anônimo disse...

Contra os nazistas a Alemanha está bem vacinada ,mas mostra que não aprendeu nada com os esquerdistas que estão minando-a diariamente. Água mole em pedra dura tanto bate até que fura dona Merkel!