Nelson Jobim ataca a Lava Jato. "É uma espetacularização", denunciou.

Jobim é homem do PT, PMDB, empreiteiras, Lula e Dilma. Por isto, nas redes sociais, o que corre é o banner ao lado.


Ex-ministro de Lula e de Dilma, advogado a empreiteiras criminalizadas pela Lava Jato, o ex-presidente do STF, Nelson Jobim, faz, hoje,m  duras críticas à operação Lava Jato. Jobim disse ao jornal Estado de S. Paulo que há visível "espetacularização" em certas condutas de integrantes da Lava Jato. Ele citou o caso de Lula, seu ex-chefe e amigo:

- A condução coercitiva contra o ex-presidente Lula foi um claro exemplo de abuso de autoridade. Vão pegar um sujeito em um apartamento e aparece gente com metralhadora, helicóptero. Tudo isso faz parte daquilo que hoje nós chamaríamos de ação-espetáculo, ou seja, a espetacularização de todas as condutas.

Sobre o juiz Sérgio Moro, ele denunciou:

- O Judiciário não é ambiente para você fazer biografia individual. Biografia se faz em política.

CLIQUE AQUI para ler a entrevista completa.