Marchezan Júnior não paga os 370 CCs que demitiu em janeiro

O prefeito Marchezan Júnior decidiu passar um calote nos 370 CCs que demitiu no decorrer de janeiro.

Não foram apenas valores de cláusulas rescisórias, mas também os salários do mês.

A idéia é pagar todo mundo até o final de fevereiro.

A prefeitura alega que entraves burocráticos impedem o pagamento dentro do prazo que manda a lei.