sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Marchezan Júnior diz que nunca defendeu demissão de cobradores de ônibus

Depois de dizer que os cobradores de ônibus de Porto Alegre “terão que buscar outra atividade” ao anunciar que pretende acabar com o pagamento em dinheiro das passagens, o prefeito Nelson Marchezan Jr. (PSDB) disse, nesta quinta-feira, em entrevista à Rádio Guaíba, que nunca falou nada disto.

O prefeito tem se reunido quase todos os dias com dirigentes da ATP.

Eis o desmentido feito pelo próprio prefeito sobre o que ele disse no seu Facebook e na Guaíba:

- Ninguém falou em demissões e não está em debate a exclusão ou demissão de cobradores. O sindicato (dos rodoviários) está enfraquecido e buscou uma pauta para se fortalecer. O que nós dissemos é que o ideal é que em algum momento nós não tenhamos mais o pagamento em dinheiro no futuro. Isso é uma pauta falsa criada pelo sindicato.

Acontece que Marchezan Júnior disse o que disse.

16 comentários:

Anônimo disse...

O jihad pessoal de Polibio continua. Ele falou que os cobradores iriam ter outras atividades nas companhias. Fake news Polibio segue o caminho da CNN e Globo. Kkkkk

Anônimo disse...

Certíssimo o Marchezan!! Em Curitiba, por exemplo, está sendo tudo automatizado e só há cobradores nos terminais!!

Anônimo disse...

A vanguarda do atraso detesta novidades!!!

Luiz Carlos disse...

Júnior, o coroné interventor, tropeçando na própria língua é só o começo.
Serão quatro anos de muita confusão e de pouca gestão.

Anônimo disse...

marchezan junior - eu apoio ha anos, heheh, =valeu mestre polibio braga

Anônimo disse...

Cobrador em ônibus é um atraso. Na Europa há bilhetagem eletrônica para quase toda a população e os poucos que pagam passagem o fazem diretamente ao motorista. Quem utiliza o ônibus valida seu ticket a cada viagem e eventualmente são fiscalizados. Quem não validou seu ticket é multado. Os atuais cobradores podem ser utilizados como como fiscais ou como vendedores de tickts em diversos pontos pela cidade, não necessariamente terão de ser todos demitidos.

Anônimo disse...

quem sabe voltam as carroças?

Anônimo disse...

Morreram muitos ladrões nas rebeliões das penitenciárias.O Marchesan só está providenciando a reposição.

Anônimo disse...

Frentista e Cobradores, são profissões em extinções.

Anônimo disse...

Quero saber quando o Marchezan começar a trabalhar.
Até agora está em campanha.

Ventura disse...

Sempre concordo com alterações que venham trazer menor custo. Obviamente que os cobradores estão fadados a desaparecer. Como desapareceu tantas coisas com o progresso. Lembra, Polibio, dos motorneiros de bondes, dos alfaiates, dos lambe-lambe, etc. Outra profissão que está condenada a desaparecer ou ao menos diminuir substancialmente, são os frentistas de posto de gasolina. Espero que o culpado não seja o Marchezan, né Polibio ?

Anônimo disse...

boa, o marcehzan está corretissimo

Anônimo disse...

boa, assim ja é anos em curitiba capital do paraná, a capital mais moderna do pais

Anônimo disse...

os cobradores tem q fazer cursos e se aperfeiçoar em outra area pois sua profissao está em extinçao

Anônimo disse...

ESTE TIPO DE SERVIÇO NÃO É PARA O BRASIL.NEM SERÁ.IMAGINA EM PASSE LIVRE,QUANDO A MALOQUEIRADA SAI TODA PARA AS RUAS.TEREMOS VEÍCULOS TOTALMENTE DEPREDADOS.O POVO BRASILEIRO É UM CHINELO,ESTA É A VERDADE.TIVEMOS ATÉ UM PRESIDENTE CHINELÃO,QUE NEM ESTUDO TEM E SABER FALAR MUITO MENOS,QUE SE FORMOU DENTRO DE UMA OFICINA,E ASSALTOU E QUEBROU O BRASIL. ESPERAR O QUE DESTE POVO? ÔNIBUS SEM COBRADORES?SE É NA EUROPA AÍ É DIFERENTE.AS PESSOAS ESQUECEM,OU SE FAZEM,QUANDO O BRASIL FOI DESCOBERTO,OS PORTUGUESES DEIXARAM AQUI SÓ BANDIDOS PARA COLONIZAR,FOI COMO UMA PRISÃO ESTE PAÍS PARA OS PORTUGUESES.AQUI FICOU A RAFUAGEM DAS RAFUAGENS.QUERER ESCONDER ESTA REALIDADE É COMO AVESTRUZ QUE ENTERRA A CABEÇA NA AREIA.ESTÁ NO SANGUE DO POVO.SÓ AQUELES E ALGUNS QUE TÊM ESTUDO,TEM UMA CONSCIÊNCIA DIFERENTE,COM O PASSAR DOS ANOS,PERCEBEM ESTA ANOMALIA DO POVÃO AQUI DO BRASIL.

Anônimo disse...



Dar o serviço do patrão para o oficceboy, dá nisto.

O Júnior é uma falácia, e como tal se comporta, sem personalidade para gerir o município fica no bate-e-assopra, só para ver as reações.
Vai que cola, né.