quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Janot enviará até março ao STF análise dos depoimentos de delatores da Odebrecht

O procurador-geral da República Rodrigo Janot pretende enviar até março ao Supremo Tribunal Federal o resultado da análise das gravações dos depoimentos de delatores da Odebrecht.

Janot disse a interlocutores que vai pedir o fim do sigilo do conteúdo das delações no momento em que as petições forem encaminhadas ao STF.

Se a solicitação do procurador-geral for atendida, a delação da Odebrecht será conhecida quando Fachin abrir os inquéritos ou remeter à Justiça Federal de outros Estados trechos de investigação.

4 comentários:

Anônimo disse...

Poderia saber de qual ano se refere? Quiçá 2060.

Porque aqui nada é divulgado sobre a condenação do Brasil nos Estados Unidos e que mais 16 país vão processar o Brasil. Um valor absurdo devido a quebra provocada pelos FDP Lula e Dilma.

Anônimo disse...

Moro é o principal cabo eleitoral de Lula:

15/02/2017 - Blog do Esmael

O juiz federal Sérgio Moro é o principal responsável pela disparada do ex-presidente Lula nas pesquisas de intenções de voto.

No cenário mais crível, Lula tem 30%, Marina e Bolsonaro 11% cada, Aécio despencou para 10%, Ciro tem 5% e Temer aparece em último com 3%. No entanto, Lula vence em todos os cenários possíveis nos dois turnos.

O magistrado vitimizou o petista com a ideia-fixa de prendê-lo por motivos políticos. Transformou-o em Zorro.
Some-se à insana persecução o fato de que a Lava Jato, o golpe e Michel Temer empurrarem o país ladeira abaixo. Só se fala em desemprego, miséria, quebradeira, fim da aposentadoria, precarização da mão de obra, piora nos serviços públicos, eterna crise para os debaixo, enfim, desgraça geral para o povo.

Portanto, a combinação Temer + Moro representa na cabeça do povão pauperização.

Para o os golpistas que derrubaram Dilma Rousseff e o parcial Moro, que incorpora a personagem de Sargento Garcia, só tem uma saída para não perderem as eleições de 2018: o tapetão.

Por tapetão entenda-se tornar Lula inelegível, o que também não é tarefa fácil.

Prender Lula também ficou muito distante para a Lava Jato, que sequer consegue uma única prova contra o ex-presidente.

A traquinagem seletiva do judiciário veio a lúmen esta semana com a liberação de Moreira Franco, o Angorá, para o ministério do ilegítimo Michel Temer.

Lula não pôde ser ministro da Casa Civil.

Anônimo disse...

SOMOS TODOS JUIZ MORO

Anônimo disse...

OLHA O PELEGO AI EM CIMA,;;;;;... LULA VAI SER PRESIDENTE DA CADEIA ISTO SIM, REU EM 4 PROCESSOS= CADEIA NELE. FALANDO EM LULA, O FILHO DELE SE CANDIDATOU E SÓ TEVE MIL VOTOS SIM SÓ 1.400 VOTOS, SE EU FOSSE ELE NEM SAIA MAIS DE CASA, ATÉ MEU CACHORRO SE TIVESSE SE CANDIDATADO A DEPUTADO TERIA MAIS VOTOS DO QUE ELE