Eram gaúchos os ladrões abatidos a tiros em Santa Catarina

A identificar como gaúchos os três ladrões abatidos a tiros, um ferido e outro preso em São João Batista, semana passada, ao tentarem assaltar uma agência do Banco do Brasil, o diretor do Departamento de Investigações Criminais de Santa Catarina, delegado Adriano Bini, disse hoje para os jornalistas:

- Anotem aí: aqui em Santa Catarina bandido não se cria.

Os três bandidos mortos são: Lúcio Mauro Lau, Anderson da Silva Santos e Marcelo de Oliveira Flores da Silva. Jaider Torão Ferreira Júnior foi o ladrão baleado.

11 comentários:

Nereu disse...

É que eles lá não tiveram olívio nem tarso (letras minúsculas de propósito devido à insignificância dos referidos).

Alberto disse...

Que bom que as 'exportações' do RS estão crescendo...

Anônimo disse...

ATÉ QUANDO?

MANDA PARA LÁ AS MARIAS E AS LUCIANAS DO GRELO DURO,DEFENSORAS DOS BANDIDOS E MALFEITORES , E JÁ VÃO VER O QUE É BOM PARA A TOSSE.

ALÔ DEFENSORAS DA BANDIDAGEM, ELE ESTÁ FAZENDO UM DESAFIO,LEVEM UM POUCO DOS PETISTAS E SEM TERRAS PARA LÁ...

Anônimo disse...



O RS precisa de um secretário de segurança assim, quem sabe o Polenta convida o catarinense, para a pasta.

Anônimo disse...

"Aqui em SC bandido não se cria": afirmação cômica, o próprio governador Colombo estava relacionado na Lava-Jato, quantas quadrilhas oriundas de SC já não assaltaram no RS e até em SP (como aquela que foi abatida em dezembro de 2015), santa hipocrisia Políbio.

Eu me pergunto o que é que esses "bandidos gaúchos" queriam assaltar lá naquela periferia de SC!

Anônimo disse...

AQUI NO RS, SE CRIAM E VIRAM POLÍTICOS.
E, VÃO PASSAR FÉRIAS EM SC E, DÁ ZEBRA.
OS NOSSOS POLÍTICOS PODERIAM PASSAR FÉRIAS NA INDONÉSIA, LÁ TAMBÉM MATAM BANDIDOS.

Anônimo disse...

Polibio, depois de 20 anos no poder o PT e as esquerdas comunas destruiram o Rio Grande do sul, imagina,Brizola, Colares,Tarso,Bigodão aquele que mandou a Ford embora, que desgraça virou o Rio Grande.

Anônimo disse...

Ah vá, ele não conhece SC. Aí tem tráfico, aí tem milícia, aí tem organizações criminosas. Tem coronelismo. Vai contar uma bobagem dessas pra quem acredita nisso. Volta lá em 2013, e veja como bandido não se cria, com mais de 50 ônibus queimados, pessoas acuadas e crime correndo a solta. O caos total pode voltar a qualquer momento se os chefes dos bandidos não forem tratados a pão de ló nos presídios.
Será que ele não conhece o PGC, grupo criminoso que copiou o PCC?

Anônimo disse...

Conversa mole.
Anos atrás as gangues colocaram terror em SC e nada aconteceu.
Papudo.

Anônimo disse...

A 15 dias atrás, 7 bandidos de São Paulo e Paraná e 1 de Minas, foram assaltar um banco numa cidade de Minas próxima a divisa com a Bahia, a policia passou o Cerol em todos.Aos poucos essas quadrilhas de bancos estão sendo dizimadas.Prender é perda de tempo e dinheiro.

Nelson disse...

SC, já tem americanos treinando o povo como treinam cidadaos de Israel e adjacencias, por que o vale do rio tijucas tem mais gauchos que o rio grande do sul, vale dos sinos e sapatos, industria que a esportação em alta, logo dinheiro rola.