Deputado estadual tucano se diz injustiçado pela RBS

O deputado estadual Pedro Pereira (PSDB) está indignado com a RBS. No final da semana, Zero Hora fez uma reportagem falando que centenas de quilos de material de publicidade parlamentar se acumulavam no edifício-garagem do Legislativo. E usou como ilustração uma caixa com santinhos da campanha eleitoral de 2014 que o deputado guardava na vaga onde deixa seu carro.

Pelas páginas da própria ZH, Pereira protestou, desta maneira: “Material de campanha não é pago com dinheiro público e na reportagem em nenhum momento é dada esta informação ao leitor. É lamentável, ainda, que na edição do Jornal do Almoço, no comentário do jornalista Tulio Milman, sobre o assunto, tenham usado as imagens desse material. Repito: de uma caixa que estava na minha garagem. Segundo Milman, ‘Tem até material de campanha, que eu imagino que não foi impresso pela Corag porque seria uma ilegalidade’. Torna-se uma injustiça, portanto, meu nome aparecer na reportagem”.

4 comentários:

Anônimo disse...

Basta processar a RBS, se ficar provado que houve má fé ou irresponsabilidade desta empresa o judiciário aplicar isentamente a lei, o processo vai ser ganho de barbada.

Anônimo disse...

esses corruptos tem cada saida, cada desculpa....

Anônimo disse...

>>

Os comunistas que tomaram conta da RBS nunca perdem a oportunidade de prejudicar, de difamar, de caluniar e de denigrir a biografia de quem eles consideram inimigos e 'golpistas', como os políticos do PSDB.

Bandidos pilantras e cretinos! Corja asquerosa!!

<<

Anônimo disse...



O que será que o material de campanha de 3 anos atrás, faz na vaga da garagem, ora ocupada pelo parlamentar e custeada pelo contribuinte?
Incompetência administrativa?
Material ilícito?

Tem muito o que explicarem os envolvidos, na reportagem.