quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Depois de dizer não, Marchezan confirma Carnaval em Porto Alegre

Após as incertezas se haveria ou não o desfile das escolas de samba em Porto Alegre em 2017, o Prefeito Nelson Marchezan confirmou a realização do evento e anunciou que o Carnaval fará parte das comemorações dos 245 anos da cidade.

O Carnaval acontecerá de 23 a 25 de março e o anúncio dos vencedores no dia 26, em cerimônia no Auditório Araújo Vianna. O prefeito ressaltou que os desfiles foram viabilizados pela iniciativa privada e como é a maior festa popular da cidade, O Carnaval integrará a programação da Semana de Porto Alegre, nas comemorações dos 245 anos da Capital. Sem deixar de alfinetar seu antecessor, José Fortunati, ele afirmou: “Será um marco que vai representar o renascimento, a reorganização, a profissionalização e a qualificação do Carnaval muito mais sustentável e mais profissional em Porto Alegre”.

11 comentários:

Nereu disse...

Total e absolutamente dispensável!
Mas... como foi bancado pela iniciativa privada...

Anônimo disse...

Iniciativa privada ? Só no papel.

Zé Luiz disse...

Prefeito sem um pingo de caráter mesmo, vive falando uma coisa e fazendo outra, que horror, até quando vamos ter nesta cidade pessoas desiquilibradas governando. Já faz mais de 28 anos que revezam só este tipo de castas..

Anônimo disse...

A opinião e decisões dele são mudadas a todo momento. Nem coerência essa classe tem. Pior é q a mudança nunca é contra os interesses dos partidos. Que falta faz um político que não se venda a interesses do legislativo.

Anônimo disse...

Das duas uma:
- ou o pseudo prefeito queria por o bode na sala e então ser o salvador da pátria (até por que em 2017 pagaram quase 300 mil as escolas - vide dopa)
- ou ele muda de ideia como muda de calcinha.

Anônimo disse...

..espero que aqueles gauchinhos boiola q ficam brincando de casinha no parque harmonia, destruindo-o, assim como uma entidade suspeita mtg também parem de ganhar dinheiro público e explorar area publica com estacionamento pago indo o dinheiro pra esses gauchinhos..

Magno disse...

Não sou tradicionalista... mas, a razão e a lógica sempre devem prevalecer.
O carnaval não pertence ao RS, mas as tradições gaúchas pertencem. Tem uma diferença astronômica nisso, prezado Anônimo das 12h11.
Não quero com isso dizer que se deva dar dinheiro público para o MTG ou assemelhado. Não! O MTG é uma associação privada e, com isso, deve suprir seus interesses à partir de fontes privadas.
Pode usar um local público porque atrairá público, mas deve deixar o local como encontrou.

Anônimo disse...

amigo "gauchinho" que brinca de casinha das 14 38. O carnaval é Brasil, meu, entende? ou quer fundar como os nazistas de santa cruz a república do pampa? ehehehe..e esses gauchinhos do mtg usam prá eles espaço público pois é cedido o espaço público para fazerem de estacionamento, ou tu não sabe?

Anônimo disse...

Porto Alegre se acabando em violência e ainda terá carnaval?

Anônimo disse...

Carnaval no RS não ecsiste. É um ectoplasma. Uma abominação. Um evento surrealista.

Anônimo disse...



Concordo com O Zé Luiz, vive falando uma coisa e faz outra. Esta ficando cansativo. Parece um frouxo!