Conheça, aqui, o inteiro teor do que vai mudar no ensino médio

O editor pediu ontem ao deputado Darcisio Perondi, cópia da nova lei da reforma do ensino médio. No final da tarde, o deputado enviou o texto, que vai no link a seguir para conhecimento dos leitores.
CLIQUE AQUI para ler a íntegra da lei que o Senado aprovou na noite de quarta-feira. As mudanças atingem alunos de escolas públicas e particulares. A medida ainda vai passar pela sanção do presidente.

A reforma dos três anos do Ensino Médio será assim: 60% das aulas serão conteúdo comum obrigatório como português, matemática, inglês e também artes, educação física, filosofia e sociologia. O conteúdo dessas disciplinas obrigatórias será definido pela Base Nacional Curricular Comum, ainda em debate. Os outros 40% da grade curricular serão definidos de acordo com a proposta das escolas, que vão oferecer disciplinas de pelo menos uma área, entre: linguagens, matemática, ciências da natureza, ciências humanas e sociais aplicadas, formação técnica e profissional.

A medida também amplia progressivamente a carga anual do Ensino Médio de 800 horas para 1.400 horas. E em cinco anos, todo Ensino Médio terá que ter, no mínimo, mil horas anuais.

Apesar de a publicação da medida provisória estar prevista para setembro, as mudanças ainda não têm data para entrar em vigor.

CLIQUE AQUI para saber o que muda, tudo em perguntas e respostas bem didáticas. O material é dos jornalistas do G1.

3 comentários:

Unknown disse...

Remendo???

Anônimo disse...

Ninguém se preocupou em incluir nas disciplinas obrigatórias as Ciências Econômicas?

Unknown disse...

Minha aposta: nada!!!
Agora, o grevismo vai ser mantido e amplificado!!!