Arrecadação do ICMS do RS cresceu espetaculares 11,2% (reais) em janeiro

A arrecadação gaúcha do ICMS cresceu espetaculares 11,2% reais (descontada a inflação do IPCA) no mês de janeiro, alcançando o valor bruto de R$ 2,9 bilhões (25% irão para as prefeituras). Em termos nominais, o aumento foi de 17,4% sobre igual mês do ano anterior. Sobre o mês de dezembro, o avanço foi de 9,6%. 

O mês de janeiro é tradicionalmente um dos melhores do ano, porque a base sobre a qual a arrecadação incide, a de dezembro, é a de dezembro, das vendas natalinas, mas só isto não explica tudo, porque o crescimento real, que neste caso deve levar em consideração a existência de alíquotas menores no mês de comparação. Só a partir deste mês as comparações poderão ser feitas com bases iguais, ou seja, sobre alíquotas iguais.

Os dados de janeiro podem levar ao convencimento de que também a economia gaúcha parece estar melhorando.

Foram os bons números sobre a receita geral total, não só do ICMS, que explicam por que razão o governo Sartori praticamente pagou em dia os salários do funcionalismo, depois de 11 meses de atrasos. 


6 comentários:

Unknown disse...

Mas as despesas comem tudo... trabalha mais povo gaúcho... temos a missão impossível de sustentar o insustentável!!!

Anônimo disse...

Tomara que o desemprego comece a baixar, mas sinceramente, estou pouco otimista sobre a economia melhorar já este ano, o rombo é muito grande e a confiança no Brasil ainda está baixa.

Anônimo disse...

E tome rombo nas contas do estado. Para quanto irá ser o deficit de 2017?

Anônimo disse...

VAI LEVAR ANOS P CONCERTAR O ESTRAGO QUE O PT FEZ, A DIVIDA ESTÁ EM QUASE 5 TRILHOES, SIM PT DEIXOU EM QUASE 5 TRILHOES JUNTANDO A EXTERNA E INTERNA, O PT ARRASOU O PAIS, MAS VAMU Q VAMU DEVAGAR , NO 2 SEMESTRE COMEÇA A REAÇAO E OS EMPREGOS VOLTARAO AOS POUCOS

Anônimo disse...




As contas andam bem faz tempo, é o que os balanços mostram.

Apenas para o Polenta, que confiscou salários, aumentou impostos e deu calote no fornecedores -que não contribuíram para a campanha dele- é que a situação está ruim.
Além, é claro, para os servidores do executivo que estão tendo os seus salários parcelados.

Vejam como a crise do RS é seletiva, pois os outros poderes recebem em dia, e mais, tiveram reajustes e receberam aumentos retroativos que estavam atrasados.

O dinheiro sai do mesmo caixa, que é para onde vai o dinheiro confiscado do contribuinte, dinheiro este que poderia estar sendo usado com seus familiares, e até mesmo pagar um plano se saúde, comprar um carro, reformar a casa ou compra uma. Enfim gastar o seu dinheiro como lhe convier, mas não pode fazer isto, pois tem que manter a corja de políticos que a cada dia que passa lhe tira mais direitos e que agora quer que trabalhe até a morte, enquanto incompetentes como o Polenta, trabalham 4 anos para se aposentar recebendo mais de R$ 33.000,00 por mês.




Anônimo disse...

AnOnimo das 14,46:
Vou te contar uma coisa que é uma grande novidade, ninguem no mundo sabe disso:
Nos últimos 30 anos, o PMDB administrou o RS por quase 20.
Agora a culpa é só do PT!