Ladrões gaúchos assaltaram quatro famílias argentinas neste domingo

Quatro famílias argentinas foram assaltadas na madrugada deste domingo, assim que ingressaram no Brasil pela BR-290. Os criminosos colocaram pregos na estrada para furar os pneus dos carros em que os turistas viajavam, para detê-los.

Os bandidos levaram um Ford Fiesta branco e um Citroen C4 Lange de cor cinza, além de outros pertences das vítimas.

Os dois carros já foram localizados.

A Polícia Rodoviária Federal fez buscas na região de Uruguaiana, mas ninguém foi preso.

2 comentários:

Anônimo disse...

Lucia Phillips
10 min ·
SEGUNDA CARTA DO MÉDICO DESCONHECIDO AO DR.ROBERTO KALIL E AO HOSPITAL SÍRIO LIBANÊS
Acabo de assistir a reportagem paga por vocês no programa “Fantástico”, da Rede Globo. Um programa criminoso interessado em destruir a imagem de médicos, policiais e professores do Brasil. Quer dizer então que vocês tem a prova de que a Dra. Gabriela Munhoz acessou, através do computador, o prontuário médico de Dona Marisa Letícia?? Uma reumatologista ??? Por que uma reumatologista deveria acessar o prontuário de uma paciente com aneurisma cerebral ??
Por que vocês não deixaram o repóter mostrar a prova ?? Certo é que a imagem da tomografia pode ser colocada no computador – e certamente foi, mas isso no Hospital de São Bernardo do Campo. O Hospital de São Bernardo do Campo teria, então, que transmitir a imagem para o Sírio, o Sírio Libanês colocaria no sistema, a Dra. Gabriela entraria no sistema, pegaria a imagem e a colocaria na internet...É isso? Como se pode pegar a imagem do sistema de prontuário do Hospital Sírio Libanês e passar para o whatsapp?? Existe um aplicativo para isso?? Os senhores tem como provar ?? Gabriela agora já não dorme, Dr.Kalil, e precisa de ajuda psicológica. Sua família está desesperada com a situação dela...A sua também vai ficar...
Outras indagações que eu tenho: qual a produção mensal da UNIMED São Paulo, Bradesco e Golden Cross do Dr. Roberto Kalil?? Ele pode mostrar?? Existe alguma possibilidade do Dr. Kalil estar recebendo por consultas que ele NÃO executa dentro do seu hospital?? É possível que outros médicos (inclusive residentes) estejam atendendo com a matrícula dele e a chamada “produção médica” esteja caindo na conta do nobre colega? Outra indagação: dos congressos que o colega participa pelo Brasil e pelo mundo afora: em quantos deles a sua passagem, estadia e alimentação é paga por empresas farmacêuticas que produzem medicação para doenças cardiovasculares? O colega pode abrir ao público quem vende stents coronários para o seu Hospital?? Tem algum dinheiro que o colega ganha das empresas que fabricam os stents e aparelhos de marcapasso???
Vocês fazem parte de uma QUADRILHA que não respeita nem a Medicina nem os médicos cujas vidas estão destruindo – vão pagar caro, em termos de imagem, pelo que estão fazendo. Eu prometo…

Unknown disse...

NarcoEstado brasileiro... terra dos fora da lei!!!