Traficantes metralham grupo rival, matam um e ferem seis em Porto Alegre

Todos os bairros de Porto Alegre estão sem segurança alguma da Brigada e da FNS, mas a Restinga é zona ainda mais conflagrada.


Só hoje foi liberada a informação de que uma quadrilha de traficantes abriu fogo contra sete jovens, sábado, na Restinga, Porto Alegre, matando uma adolescente de 16 anos e ferindo os outros seis rapazes. 

A Polícia, que chegou depois, como sempre, acha que um dos alvos dos traficantes era membro de uma quadrilha rival.

Logo depois, os criminosos entraram em confronto a Brigada Militar. O grupo conseguiu fugir, mas um deles foi preso com uma arma de fogo. Os três carros usados pelos criminosos eram roubados e foram recuperados.

5 comentários:

Unknown disse...

Hora de colocar o Exército do Pretto(MST) nas ruas... afinal, agora são autoridades!!!

Anônimo disse...

Se a Polícia ou a Brigada entrou em confronto com os assassinos chegou na hora, prendeu um e recuperou três carros roubados.

Não foi tão ruim como o editor quer nos fazer crer.

"Interésses"???

Anônimo disse...

Por qual motivo a DEMORA na liberacao desta noticia?

Anônimo disse...

foi guerrinha entrebondes

JORGE LOEFFLER .'. disse...

Polibio, esses guardas do Sartori sempre chegam depois de TENTADOS ou CONSUMADOS os fatos quando os mesmos dizem respeito apenas à POLÍCIA JUDICIÁRIA, única instituição no Estado habilita a investigar crimes. E quando chegam aos locais dos fatos imediatamente tratam de ditar, via telefone, os fatos às redações de jornais. Como são incapazes os jornais veicula besteiras que fazem rir aos que pensam. Um dos prejuízos decorrentes da Constituição de 88 foi a criação dessas coisas por que longe estão de ser polícia e muito menos de serem militares. Eles nem mesmo sabem o que são ou para que servem, mas fazem política no interesse próprio nas 24 horas por dia.
Para teres uma ideia de quão incompetentes são te conto uma que ocorreu comigo faz poucos dias em Xangri-La. Estive em imobiliária de um colega e amigo, pois tive Imobiliária e, ao descer do carro o fiz com a arma na mão já que a carrego sobre o banco enquanto dirijo. Depois de chavear a porta do meu fuscão. Na porta do escritório estava um desses guardas que nada viu vez que, de cabeça baixa se divertia com um desses modernos telemóveis.
Quando sai, ao aproximar-me do carro retirei a arma da cintura e ingressei no carro com ela na mão. O inútil nada viu. E isto podes ver em todo o litoral, mas somente no veraneio, pois encerrado este eles somem.
São uns inúteis ou não?