Temer precipita lançamento do Plano Nacional de Segurança

O governo federal decidiu lançar nesta quinta-feira o Plano Nacional de Segurança, que vinha sendo discutido há meses. O governo chegou a prometer que o anúncio ocorreria até o fim do mês, mas oc aso de Manaus precipitou tudo e o governo quis mostrar que age.

Após reunião no fim desta manhã com o presidente Michel Temer, ficou decidido que o conjunto de medidas seria detalhado no mesmo dia. Nas próximas semanas, uma nova cerimônia, com presença de autoridades dos Estados, deve simbolizar a implementação do plano.

O plano terá três eixos principais:

- Redução de homicídios, feminicídios e violência contra a mulher, trabalho conjunto com as PMs. Tudo começará por Porto Alegre, Natal e Aracaju.
- Racionalização e modernização do sistema penitenciário. Temer autorizou a construção de cinco presídios federais de segurança máxima.
- Combate ao crime organizado internacional (tráfico de armas e drogas)

E é tudo para já.