quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Secretaria da Segurança diz que números de estupros não aumentou em 2016, mas continuam na média de um a cada oito horas no RS

O erro não altera a constatação mais chocante que é a de que ocorre praticamente um estupro a cada 8 horas no RS, 365 dias por ano, 30 dias por mês, 24 horas por dia, chova ou faça sol.

O governo mandou nota para o editor, depois de fazer o alerta por telefone, segundo a qual a secretaria da Segurança divulgou estatística errada sobre estupros no Rio Grande do Sul
O número de casos em 2016 não aumentou em relação ao ano anterior

O número de estupros divulgados na manhã desta quinta-feira pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) em 2016 no Rio Grande do Sul foi apresentado com erro. Em 2015, 1.426 mulheres registraram que sofreram violência sexual no Estado contra 1.425 no ano passado. Desta forma, houve a diminuição de um caso e não oaumento anunciado de 139%.

Segundo informações da SSP, o problema ocorreu devido a uma falha humana. 

8 comentários:

Anônimo disse...

ok, parece entao que o importante é "manter a media"...

que miseria que esse país...

Mordaz disse...

É que tem preso demais no Brasil. Se soltassem os estupradores eles se regenerariam. Acredita?

Anônimo disse...

ORA, ORA POLIBIO...estais sofismando

E NO TEMPO DO TARSO ELE ESTUPROU O RIO GRANDE INTEIRO,E FODEU COM AS FINANÇAS, E O POLIBIO NEM FALAVA, AGORA COMEÇOU A FALAR COMO SE NÃO HOUVESSE NADA NUNCA ANTES...

Apetralhou-se,ficou falando mas não situa anos anteriores, parece que só agora se estupra e se mata, mas quem não explica direito, faz sofismas, ESTUPRA,E MATA A VERDADE.

SE NÃO TE EXPLICARES,DENUNCIAREI QUE ESTUPRAS A VERDADE.

Anônimo disse...

as mulherzada tem de levar arma na borsa, para defesa

Anônimo disse...

http://g1.globo.com/am/amazonas/noticia/2017/01/ex-prefeito-acusado-de-pedofilia-no-am-tem-pena-de-11-anos-extinta.html

Anônimo disse...

A sociedade brasileira não é normal. Esses índices de violência não é culpa do estado ou do mercado, é o povo mesmo que não vale nada. É assalto, sequestro, roubo, estupro, acidente de carro, acidente de trabalho e tudo mais de errado. Quem comete esses crimes é uma boa parcela da população. Só que ninguém tem coragem de ir a público e falar que o povo é desse jeito se não vão criticar até o fim da vida. Mas boa parte da população não é nada normal.

Anônimo disse...


A única "falha humana" do RS, foi a dos que elegeram o Polenta.

A partir daí, o eleito e seus asseclas são uma falha total, mas não humana, pois se humanos fossem não fariam com que o funcionalismo do Poder Executivo, pagassem a conta por sua incompetência gerencial.

Unknown disse...

Que vergonha!!!
Divulgações deste tipo são um atestado de incompetência absoluta e completa falência da segurança pública!!!