quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Sartori anuncia correção de 7,8% para completivo para atingir valor do Piso Nacional do Magistério

O governador Ivo Sartori acaba de anunciar que o governo atualizará o valor da parcela completiva nos mesmos 7,64% de correção previstos para o reajuste do Piso Nacional do Magistério, fixado em R$ 2.298,80 a partir deste mês.

Serão necessa´rios mais r$ 190 milhões para cumprir o benefício (cálculo para o ano todo).

Ao todo, são 31.614 matrículas com carga de 40 horas semanais.

Mais de 80% de uma categoria que soma 164.359 matrículas já ganham mais do que o valor do piso.

Atualmente, o professor com 40 horas semanais conta com um salário médio de R$ 4.252,00 nRS.

Desde sua implantação, 2009, o piso do magistério somou correção de 141,98%.

O Piso Nacional do Magistério foi criado no governo Lula. O então ministro Tarso Genro ajudou a assinar o decreto, mas quando foi governador, não só ignorou-o, como foi a juízo para acabar com sua própria criação.

3 comentários:

Anônimo disse...


O Polenta finalmente enxergou os professores.

Anônimo disse...

Para o Magistério 7,8% que são os responsáveis pela Educação das crianças, adolescentes e jovens, um minguado reajuste. Para os políticos semianalfabeto que nada produzem 100%. Até os vereadores de POA ganham de salário 12 mil reais, fora o restante a que tem direito. Somos o país onde os malandros se dão bem. Aqueles que buscam crescer pela meritocracia são os trouxas que pagam exorbitantes impostos e não se tem nada de retorno.

Anônimo disse...

o possível para os professores...melhor que para os militares federais que receberam só 5,5% de reajuste.