Saiba tudo sobre as patifarias da Caixa Federal no governo do PT, de Dilma Roussef

O ex-ministro Geddel Vieira Lima e o ex-deputado Eduardo Cunha, os dois do PMDB, são investigados num suposto esquema de corrupção para liberar crédito da Caixa Econômica Federal. Na época, Geddel era vice-presidente de Pessoa Jurídica do banco, nomeado para o cargo por Dilma Roussef, que evidentemente  não sabia nada sobre as falcatruas na CEF.

Sobre as operações de ontem da PF, vale a pena ler esta reportagem que à noite disponibilizou o Jornal Nacional. Ela é completa e revela provas irrefutáveis sobre as roubalheiras, que envolvem grupos empresariais poderosos como BRVias, Oeste Sul Empreendimentos Imobiliários, Marfrig, J&F, Grupo Bertin e JBS, acusados de pagarem propina para pegar dinheiro fácil e barato da Caixa durante o governo do PT, de Dilma.

Leia:

A Polícia Federal chegou cedo na sede da Caixa Econômica Federal em Brasília. Os agentes vasculharam duas vice-presidências do banco. Também houve busca e apreensão em endereços no Paraná, em São Paulo e na Bahia.

Marcos Roberto Vasconcelos, ex-vice-presidente de Gestão de Ativos da Caixa, foi um dos alvos.
Em Salvador, policiais foram na casa do ex-ministro da Secretaria de Governo Geddel Vieira Lima, do PMDB.

Quem autorizou a operação foi o juiz Vallisney de Oliveira.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

10 comentários:

Unknown disse...

ATENÇÃO POLÍCIA FEDERAL:
O senador Álvaro Dias denunciou(vide vídeos Youtube) uma série vergonhosa de fraudes nas Loterias da Caixa!!!
O sr. Cleto Falcão é da Diretoria de Loterias...
Só para exemplificar:
*Um CPF ganhou mais de 50 vezes na Mega Sena;
* Um CPF ganhou mais de 40 prêmios num mesmo dia, em diferentes modalidades lotéricas, em cidades diferentes e em estados diferentes... um caso explícito de Onipresença divina!!!
O estranho é que o senador Álvaro Dias calou-se... omisso ou aliciado??? Eis a questão!!!

Anônimo disse...

Os dois patifes são do PMDB do temer, mas o título elaborado pelo editor só cita PT e Dilma! Só um psiquiatra pra entender!

Anônimo disse...

PMDB, PMDB, o boca de jacaré foi indicação do presidente do partido PMDBosta, MICHEL TEMER.....não distorça os fatos editor, menos chapa branquismo.....mais jornalismo....não irás para o céu, igual ao pastor EVERALDO.....

Anônimo disse...

Não sabia.

Anônimo disse...

"Geddel Vieira Lima é a tampa que abre a fossa das suas relações com Eduardo Cunha. As ligações de ambos não se limitam às suas próprias figuras já moralmente incineradas. Começam a surgir as ligações de Michel Temer e o par de ladrões"......só sendo muito burro/tapado/ para achar que cunha/gedel/quadrilha/temer....estão juntos nessa roubalheira....

Façanha, o advogado do povo disse...

Chega de palhaçada antipetista, Geddel e Eduardo Cunha são e eram do pmdebe!!!

Anônimo disse...

Esperem os podres do Banco do Brasil, é maior do que o da Caixa.

Joel ( ex-espião da CIA retired mas na ativa))

Anônimo disse...

A mandiocona "NÃO SABIA" que dois assaltantes contumazes estavam fazendo "barba, cabelo e bigode" com o dinheiro da CEF.
Deu o cofre e o segredo de presente para o geddel e o cunha fartarem-se à vontade!

Anônimo disse...

O que mais está por vir? Não tem ninguém sério é só sacanagem para todos os lados. E o povo tentando vencer pela meritocracia. Que absurdo. E a Dilma reclamando de seus direitos, não ganhou o suficiente e nós povo não temos nem a quem reclamar do desemprego, falta de educação, saúde etc porque faliram o Brasil. Gentalha

Anônimo disse...

Sim,mas e daí?
Acontece alguma coisa pra essa gente?
Nada.
O problema é que eles não são ladrões de galinhas.
Se não,já estariam presos.
Na verdade,Lava-jato já é uma Mãos Limpas.Aquela ocorrida lá na Itália,que mesmo com toda profusão,não deu em nada.
Simplesmente trairam o povo italiano.
O mesmo ocorrerá conosco.