Saiba quais são as estradas que serão concedidas para a iniciativa privada no RS.

O Plano de Concessão de Rodovias Federais previsto para o Rio Grande do Sul tem três importantes mudanças:

1) A Rodovia do Parque (foto ao lado) passará a receber investimentos da iniciativa privada no trecho entre a BR-386 e a Freeway.  Esse novo ponto substituirá o trecho da BR-386, entre a BR-448 e a BR-116, em Canoas. Não significa que haverá pedágio na Rodovia do Parque, mas ela passaria a não ser mais de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit).

 2) Será excluído o trecho hoje concedido à Concepa, entre a ponte do Guaíba e o município de Guaíba, já na BR-116. Dessa forma, a praça de pedágio instalada atualmente em Eldorado do Sul deverá ser extinta.

3)  O plano de concessão do Rio Grande do Sul começará em Santa Catarina. Para evitar uma rota de fuga pela Estrada do Mar, o primeiro novo pedágio será instalado na BR-101 catarinense, oito quilômetros antes do Rio Grande do Sul.

Esses são considerados os trechos viáveis, mas os pontos podem ser ampliados ou revistos nas audiências públicas, que tiveram as datas previstas para o Rio Grande do Sul divulgadas nesta terça-feira pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

No Rio Grande do Sul, a audiência será realizada no dia 16 de fevereiro, em Porto Alegre. Uma segunda data foi agendada para Brasília, no dia 23 de fevereiro.

CLIQUE AQUI para conferir quais os trechos que serão privatizados.