‘Quem achou que ia me ver pelas costas se enganou’, diz Eliseu Padilha

O jornal O Estado de S. Paulo deste domingo revela que o homem forte do governo Temer, Padilha ironiza adversários que torcem por sua queda e ameniza efeitos da Lava Jato
       
O editor recomenda a leitura integral desta entrevista conduzida por Vera Rosa e Tânia Monteiro:

O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, amenizou o efeito das delações premiadas de executivos e ex-diretores da Odebrecht sobre o Palácio do Planalto e disse que permanecerá no cargo. “Eu lastimo que todos aqueles que pensavam que iam me ver pelas costas tenham se enganado”, ironizou, em entrevista ao Estado.
A frase do ministro, homem forte do governo, foi um recado aos adversários. 

Pela sua contabilidade, o número de candidatos à cadeira do ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki – relator da Lava Jato morto em acidente aéreo no dia 19 – já “passa de 30”. 

Briga. Para Padilha, é preciso evitar sequelas na eleição do Congresso porque ‘quem bate esquece, mas quem apanha não’.

CLIQUE AQUI para ler tudo.

14 comentários:

Anônimo disse...

Efeito Lava Jato: EUA assumem controle da Embraer sem pagar nada
Escrito por Miguel do Rosário, Postado em Redação


TwitterGoogle GmailFacebook
Confira a notícia abaixo. Ela é boa para os coxinhas que defendem a privatização da Petrobrás achando que, assim, não haverá corrupção.

A Embraer foi privatizada há muitos anos e está sendo acusada, nos EUA, de corrupção. Coisa bem pesada.

Mas até aí tudo bem. A empresa foi acusada de corrupção e tenta hoje se corrigir.

O bizarro é a solução encontrada.

A empresa, outrora uma orgulhosa estatal brasileira, a partir de agora será vigiada, por dentro, por um executivo de um escritório de advocacia norte-americano.

O Estadão fala ainda que Petrobras e Braskem “se espelham” no modelo da Embraer.

Os EUA, que fazem as guerras mais corruptas do mundo, nas quais matam milhões de pessoas, destroem toda a infra-estrutura dos países, apenas para que suas empreiteiras e outras empresas possam arrancar, do contribuinte americano, algumas centenas de bilhões de dólares para a reconstrução, ensinarão às empresas brasileiras como se manter longe da corrupção…

EUA, o país mais corrupto do mundo, é o novo guardião anticorrupção das empresas brasileiras.

Naturalmente, esse monitoramento implica interferência nos negócios e prejuízo à soberania da empresa e do país.

É importante observar que a Embraer representa a ponta mais avançada da indústria brasileira. Através de fartos financiamentos do BNDES e outras linhas públicas, a Embraer conseguiu se firmar como uma das maiores exportadoras mundiais de aviões de pequeno e médio porte.

Apesar de privada, a Embraer é um patrimônio nacional, assim como é a Petrobrás, assim como era Odebrecht. E agora será “vigiada” de dentro por americanos.

Esse golpe, que contou com ajuda da Lava Jato, sacrificando nossas empresas no altar do departamento de justiça do governo americano, está cada vez mais parecendo uma operação de domínio colonial.

Com essa intervenção, pode-se afirmar que os EUA assumiram o controle da nossa maior empresa de aviação, sem investir um centavo do próprio bolso.

sempre mais disse...

Na realidade o contribuinte deseja lhe ver fora do governo.

Anônimo disse...

E o editor, chapa branca, claro, não tece qq opinião do tipo: grileiro de terras, 2 milhões em propina.....claro é do PMDB...ai pode !!!!! santa hipocrisia Batman.

Anônimo disse...

DICA DE NOTICIA PARA O EDITOR:

Preso há sete meses, o empresário Lúcio Funaro acenou, pela primeira vez, com o desejo de fazer uma delação premiada; segundo o colunista Lauro Jardim, o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, é um dos personagens principais de Funaro; além dele, Geddel Vieira Lima também está na "linha de frente" da delação do ex-aliado; "Geddel se desesperou nas últimas semanas ao saber que Lúcio Funaro vinha se preparando para fazer uma delação premiada. Passou a telefonar insistentemente para a mulher de Funaro para prestar solidariedade e, como quem não quer nada, saber se ele já havia começado a delatar"

Anônimo disse...

deixa o FUNARO abrir o bico......quero ver esses moralistas de cuecas, protegidos pela midia e blogueiros.....quando é do lado delles, simplesmente somem do noticiário.....alguem lembra do GEDDEL BOCA DE JACARÉ?????? mas se fosse do pete....todo no JN, ai a impressão é que a sociedade midiotizada tem é que só os do pete roubam, quando, para quem tem um pouco de massa cinzenta os do PMDB estão roubando a séculos......

Anônimo disse...

cade o delegado da PF "mãe diná"????poderia fazer uma previsão também....sobre o quadrilha, seria interessante.

Anônimo disse...

Padilha homem forte do governo.
É o fundo do poço !

visionst3 disse...

enquanto isto o problema sao as batatinhas, aipim frito e banha de porco

Anônimo disse...

O Ministro Eliseu Padilha disse: quem bata esquece, quem apanha não. No caso, o Ministro só esqueceu que quem apanhou até agora foi o povo e como quem apanha não esquece, vocês políticos verão o que o povo vai fazer com quem bateu. É só esperar para ver, acho que o Ministro Eliseu Padilha não deveria se sentir tão seguro assim, porque ele e seus pares bateram demais no povo.

Anônimo disse...

Que homem arrogante. Aff!! Quero ver essa arrogância acabar, sob vara.
Esher

Anônimo disse...

Este ladrão vagabundo que há 20 anos está mamando em tudo que é governo é cara de pau.
O lugar desse podre é na prisão lá no Rio Grande do Norte, numa cela com uns 10 ou 12 veados sedentos

Anônimo disse...

Num país sério já estava preso a muito tempo. É uma vergonha essas criatura e essa gangue definindo o rumo de um país. É muito grave para democracia.

Anônimo disse...


CALA A BOCA, BOLIVARIANO FILHO-DA-PUTZ!!

TEU PESCOÇO ESTÁ À PRÊMIO!!

AGUARDE SÓ UM POUCO!

Anônimo disse...


Todo bandido se acha esperto!

Mas estão morrendo aos poucos de câncer, AVC, enfarte, porque têm medo!!!!