quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Polícia gaúcha desvenda fraude milionária contra acionistas da CRT. Cinco advogados estão envolvidos.

A 1ª Delegacia da Polícia Civil  de Santa Maria concluiu o inquérito que apurou uma fraude que pode ter lesado cerca de 2 mil pessoas de Santa Maria e outras cidades gaúchas em mais de R$ 30 milhões. 

A informação é do jornal Zero Hora de hoje. 

O caso envolve cinco advogados do Paraná. Eles foram indiciados no final do mês de dezembro.

O inquérito, que conta com 7 mil páginas, está em posse do Ministério Público. Os nomes dos advogados não foram revelados pela polícia.

Tudo começou em setembro de 2015, quando o advogado de Santa Maria, Gustavo Cervo, descobriu a fraude e registrou ocorrência contra outro advogado, que não teria repassado a um cliente valores ganhos em uma ação contra a CRT, após a venda à Brasil Telecomm, atual Oi.

Os cinco advogados foram responsáveis por ajuizar cerca de 2 mil ações contra a antiga estatal. As causas ganhas chegam a um valor de aproximadamente R$ 25 milhões. 

6 comentários:

Anônimo disse...

polibio

esse assunto é muito sério, muitos acionistas receberam os valores devidos pela compra dos telefones, mas, outros milhares não receberam nada

como pode isso acontecer, se o direito as ações eram iguais e liquidos e certos

esse caso das ações da antiga crt e hoje oi, não está claro até hoje, porque uns receberam e outros não

o prejuízo de milhares de cidadãos com esse caso é muito maior do que voce imagina

tem algo de estranho em toda essa engrenagem, pois o direito dos compradores dos telefones da antiga crt, na verdade ações, é igual para todos, mas algo estranho aconteceu que alguns receberam e receberam bem e a outros tantos foi negado esse mesmo direito, com prejuízos enormes

polibio, esse assunto voce deve investigar ou pedir as devidas explicações ao mundo jurídico, porque houve essa maracutaia de enormes prejuízos aos acionistas da crt-oi

esse caso envolve sim advogados, sentenças de juízes e algo estranho no próprio supremo

tenha certeza os prejuízos dos acionistas vai a casa de bilhões

muitos até hoje não conseguiram receber o que é de direito

vale a pena você ir atras desse caso escabroso que agora está vindo a tona pela polícia federal

são milhares de prejudicados e em valores significativos

mantenha a informação em sua página sobre esse caso e você verá a refercusão que terá em sua página, pois são muitos os que ficaram na mão e não sabem porque foram tratados de forma diversa nos tribunais em comparação com outros tantos que receberam o que é de direito

polibio, essa questão merece o seu tempo para investigar o porque das coisas

tem algo muito estranho nesse caso das ações da crt - oi

investigue e voce será recompensado pelo seu trabalho de jornalista sério e competente

obrigado

Anônimo disse...

Só cinco ? O que havia de pessoas 'arrecadando' gente para ingressar conta a crt era impressionante na cidade de Novo Hamburgo tempos atráz.

Com certeza mediante alguma comissão para isso.

Era assunto em todos os lugares, até em igrejas.

Anônimo disse...

Será que a oab vai se manifertar?

Anônimo disse...

É nisso que da fazer a OAB fazer só uma provinha fajuta e deixar de fora os antecedentes, as vidas pregressas dos candidatos!!!

Anônimo disse...

Por que há tantos falcatruas utilizando de informações privilegiadas para praticar graves crimes sob o manto protetor da carteirinha da OAB?

Nilvia disse...

Políbio,
Meu marido entrou com a ação contra a CRT já faz 10 anos, temos a causa ganha com um valor que conforme a advogada foi diminuindo devido aos acordãs feito pelo STF.
O ano passado quando finalmente imaginamos que ele iria receber as verbas indenizatórias a Oi entrou com pedido de recuperação judicial e o processo foi suspenso por 90 dias.
Já passaram os 90 dias e nada do processo prosseguir.
Nossa justiça morosa e cheia de recursos.
Um processo levar 10 anos ou mais para ser resolvido é inaceitável.