sábado, 21 de janeiro de 2017

Núcleo Federal de Inteligência começa a atuar em fevereiro no RS

O Rio Grande do Sul terá em fevereiro um Núcleo  Federal de Inteligência. A atuação desse núcleo no Rio Grande do Sul será integrada as forças estaduais de segurança. O anúncio foi feito neste  sábado pelo governador José Ivo Sartori.

Segundo ele,  as ações  serão focadas para reduzir homicídios e combater o crime organizado. O Estado foi escolhido pelo Ministério da Justiça  para receber esta ajuda, juntamente com os estados do Rio Grande do Norte e Sergipe.

13 comentários:

Anônimo disse...

Satori conseguiu igualar o RS, parabéns.

Anônimo disse...

Tomara que não usem para perseguir um cidadão comum que vende frutas e siga para pegar bandidos mesmo.


Chega de comunismo perseguindo cidadão de bem.

Alberto disse...

Tudo certo! Podemos esperar. RS está uma 'paz' total. E os Deputados Estaduais curtindo suas 'merecidas' férias não estão nem aí...

Anônimo disse...

Quando o paciente precisa de curativo, nada é feito. Quando precisa de um transplante faz curativo. Muito pouco muito tarde.
Mas pode conseguir o que todo político almeja, uma aparência de melhora no ano da próxima eleição.

Anônimo disse...

Olha a cara de débil mental desse Sartori. Até hoje não entendo como essa anta virou governador.
Gaúcho é um povo que gosta de tomar mesmo.

Anônimo disse...

Bem-vindos !

Pois até agora havia em pleno funcionamento um "núcleo de burrice" !!

Anônimo disse...

Finalmente alguma inteligencia no governo Sartori!!!Porém é apenas para a área de segurança. Não é possível trazer inteligencia também para as outras áreas? Qualquer mínima coisa já melhora muito.

Justiniano disse...

Deve exigir a fiscalização intensa das fronteiras do RS pelo exército e logo estrangula todo o comércio de drogas e armas para os bandidos.
Serviço de inteligência pega todas as rotas e caminhos dessas drogas e armas.

Anônimo disse...


Técnicos do Ministério da Fazenda, vão acompanhar as finanças do RS, dentro da Secretaria da Fazenda.

Anônimo disse...

O que adianta esta palhaçada se não tem na rua BM E Polícia, primeiro o básico, depois a tecnologia.

Anônimo disse...

INTELIGÊNCIA NEM SEMPRE QUER DIZER MESMO 'INTELIGÊNCIA' COMO FOMOS ACOSTUMADOS A ACREDITAR, INTELIGÊNCIA REVERSA TAMBÉM EXISTE, E NA ATUALIDADE É A QUE MAIS ASSISTIMOS.

Anônimo disse...

AOS POUCOS VÃO INTRODUZINDO A POLÍCIA POLÍTCA AOS CIDADÃOS.

Anônimo disse...

Ou seja, monitoramento do povo do Oiapoque ao Chuí.