segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Novo massacre em presídio brasileiro repercute no exterior

As decapitações e mutilações no presídio de Alcaçuz, no Rio Grande do Norte, no final de semana, repercutiram no The New York Times, que afirmou que este tipo de violência é comum nas penitenciárias brasileiras.

O mais conhecido jornal dos Estados Unidos também ressaltou que 40% dos presos no Brasil ainda aguardam sentença da Justiça e que em Alcaçuz há cerca de 1,1 mil detentos, quando a capacidade é para 620.

O periódico inglês The Guardian afirmou também que a rebelião no RN agravou ainda mais a crise do sistema penitenciário brasileiro.

12 comentários:

Anônimo disse...

É o governo temer nos fazendo passar vergonha mundial!

Anônimo disse...

ESSES JORNAIS EM QUESTÃO SÃO A PONTA DO GRAMSCISMO MUNDIAL, E ESTÃO FAZENDO FORÇA PARA ENFRAQUECER O TEMER.

Mordaz disse...

Já uma guerra do Vietnã de mortos por ano não.

Unknown disse...

A solução parece simples... trocar os integrantes da facção do PCC pelos da facção do Congresso Nacional!!!

Anônimo disse...

60.000 brasileiros são executados anualmente e isto não repercute nada pelo mundo, agora quando bandidos da pior especie se matam vem os direitos "dusmanus" e toda canalhada esquerdalha fazendo o maior barulho pela morte dos "anjinhos", tão puros quanto querubim Lula e quanto a Madre Tereza de Dilmá!! A inversão de valores terá que ser revertida em breve senão a guerra civil é inevitável. Nosso judiciários com seus vícios e ideologizações perversas é um dos grandes culpados do caos.

sempre mais disse...

Essa bandidagem é ligada aos políticos. O foro privilegiado se estende á eles. Nem vou desenhar . Fim do foro para liberdade dos contribuintes!!!!

Anônimo disse...

Tu tomou tua medicação hj?

Unknown disse...

Isso que a facção petralha ainda não foi para as grades!!!
Aí sim vamos ter briga de facções!!!

Anônimo disse...

polibio, lembra aquela onde de assaltos a faca no RJ ano passado? fizeram ate lei contra as humildes faquinhas de churrasco, ALI JA SE SABIA QUE TINHA O DEDO PODER DO LINDBERG FARIAS

sempre mais disse...

Engraçado que os massacres em presídios estão acontecendo agora. Antes tbm tinha superpopulação carcerária, mas só viram isto agora.kkkkkkkkk..,.acorda povo estes que tiram cabeças e os sem cabeça pertencem ao exército do maior ladrão do mundo. Acordem, o foro privilegiado se estende a esta gentalha.

Anônimo disse...

O que acontece dentro dos presídios é o mesmo que acontece fora deles. A diferença é que fora dos presídios a matança é espalhada pelo país inteiro e muitas vezes os atingidos são inocentes. No Brasil o número de assassinatos por dia deve ser superior ao que ocorre nos presídios. Quanta hipocrisia.

Anônimo disse...

esses jornalistas andam cercados de guarda costa, alguns ate leva nas costa, eles nem se importa com o povo, nossa visinha na praia chamou a puliça, esta esperando sentada ate hj