quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

MT e STF preparam programa de qualificação profissional de detentos

O Ministério do Trabalho e o Supremo Tribunal Federal, por meio do Conselho Nacional de Justiça, vão lançar em 10 de fevereiro um programa de qualificação profissional para atender até 15 mil presos dos sistemas fechado e semiaberto.

A ação apresentada pelo ministro será realizada dentro do âmbito do programa “Começar de Novo”, desenvolvido pelo CNJ desde 2010.

Segundo o ministro Ronaldo Nogueira, serão aplicados cerca de R$ 30 milhões na qualificação de presos de todo o país, oriundos de recursos do orçamento do Ministério do Trabalho, e o projeto terá início antes do primeiro trimestre de 2017.

10 comentários:

Anônimo disse...

Direto do Wikipedia

COMEÇAR DE NOVO é uma canção escrita por Ivan Lins e Vítor Martins, especialmente para o seriado Malu Mulher, que foi exibido em 1979 pela Rede Globo.[1] A interpretação mais conhecida é da cantora Simone, que foi escolhida no lugar de Maria Bethania, cogitada também para a interpretação, mas que recusou. O primeiro registro fonográfico da canção foi gravado no disco Pedaços (1979).[2] O produtor musical norte-americano Quincy Jones figura entre os admiradores desta interpretação da cantora.

Unknown disse...

Isso... com PHD em Crimes Hediondos!!!
Esses caras não sabem nada(MT/STF)!!!
"Só o trabalho dignifica o homem"!!!
Chega de balela!!!
Colônias Penais Produtivas já, com presos sem tutela do Estado!!!

Unknown disse...

Políbio: atualize os comentários com mais frequência... não dá para saber a repercussão das postagens... tá muito devagar!!!

Anônimo disse...

Quero estes 30 milhões na qualificação dos alunos de ensino público, dos hospitais públicos e filantrópicos e na segurança pública, depois, muito depois em presos. Devemos investir em algo que pode nos dar retornos e não jogar dinheiro fora.

Façanha, o advogado do povo disse...

Vivemos na NOVA COLÔMBIA, quem manda são os cartéis, o "problema prisional" é apenas a PONTA DO ICEBERG. O Temer politicamente é um POBRE DIABO, não vai ser ele que vai mudar a situação. Os militares têm é de ocupar Brasília, não presídios. Ou convoquem logo ELEIÇÕES GERAIS!

Anônimo disse...


Será que alguém vai acreditar nesse programa de ficção.

Puro ilusionismo e desvio de verba pública.

Anônimo disse...


Qualificação profissional para 15 mil presos. Existem mais de 12 milhões de desempregados.

Isso é uma falta de respeito com a inteligência das pessoas.

MT /STF . Querem enganar, fazer maracutaia, seja lá o que for, mas vão para outra freguesia.

Emmanuel Carlos disse...

"Tá" brincando ?? Agora eles vão direto para o STF?? Ahhhh .... assim não dá ...

Anônimo disse...

Só falta depois colocarem os presos para trabalhar em escolas, creches e instituições de saúde.

Anônimo disse...

Vão inchar mais a máquina publica, nada mais. Com o desemprego e baixa qualificação dos que querem trabalhar, não passa de programa populista...